segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Filmes influenciam mais na formação de opinião que jornais e propagandas, diz estudo



A simples prática de assistir a um filme com forte carga sentimental pode representar bem mais do que algumas horas de entretenimento. Um estudo recente realizado por cientistas da Universidade de Notre Dame, em Indiana, Estados Unidos, apontou que esse tipo de produção pode exercer influência direta na formação das convicções políticas de uma pessoa, mais até do que que peças publicitárias ou reportagens jornalísticas. A pesquisa foi divulgada pelo jornal britânico "The Independent".

Uma equipe de cientistas explorou o poder de mensagens políticas em filmes populares e descobriu que eles têm a capacidade de mudar atitudes, especialmente em questões que não são muito abordadas pela mídia e pelos meios de comunicação.

Cerca de 300 estudantes foram questionados sobre os seus pontos de vista políticos. Metade disse que se considerava conservadora. Alguns foram convidados para assistir a filmes sem inclinações políticas, enquanto outros viram produções como "Melhor Impossível", com Jack Nicholson, ou "O Homem que Fazia Chover", com Matt Damon. Após a exibição, todos foram novamente questionados.

Todd Adkins, cientista responsável pelo estudo, disse que aqueles que assistiram a filmes com mensagens liberais sutis ou fortes eram propensos a experimentar mudanças liberais em suas atitudes, independentemente de suas posições de anteriores.

"Além de mostrar o poder político potencial de filmes populares, o estudo aponta que essa influência persiste ao longo do tempo, e não é moderada por partidarismo, ideologia ou conhecimento político", explicou o cientista à "The Independent". O estudo completo foi publicado na edição de dezembro da revista "Social Science Quarterly".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua Opinião é Muito Importante Para Nós!

Ads Inside Post