sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Homem é condenado por aliciar menores na internet

Estado de Minas


Um homem foi condenado a um ano e quatro meses de prisão em regime fechado por tentar aliciar três adolescentes pela internet e manter material pornográfico com imagens de crianças e de menores. A decisão é da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que confirmou sentença proferida pela 1ª Vara Cível da comarca de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A pena, entretanto, pode ser substituída por uma restritiva de direito.
Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), em 11 de maio de 2010, um mandado de busca e apreensão resultou no recolhimento de três pen drives, duas CPUs e um notebook que armazenavam conteúdo pornográfico. O material estava na casa do condenado.
Conforme ainda o MPE, o homem utilizou o serviço de chamada de vídeo do MSN para aliciar e instigar uma criança de 11 anos e duas adolescentes de 12. As vítimas se exibiram para ele de forma pornográfica.
Em sua defesa, o réu afirmou que as fotografias apreendidas não eram de cenas de sexo explícito ou pornográfico de criança ou adolescentes, para fins primordialmente sexuais, como disposto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Ela alegou ainda que as fotos eram de menores em praias de nudismo, disponíveis a qualquer pessoa em um site cujo endereço indicou, e que não foram tiradas por ele.
Em relação à acusação sobre as conversas pela internet com as meninas, o homem disse que as menores tinham somente exibido gestos sensuais realizados por iniciativa delas próprias. Em um dos depoimentos, o réu revelou também que as conversas ocorreram numa tentativa dele de ajudar a companheira, que fazia um trabalho de conclusão do curso de Direito sobre o tema pedofilia.
O juiz José de Moura Faleiros, 1ª Vara Criminal da comarca de Uberlândia, ao analisar o conteúdo das conversas pela internet e as imagens apreendidas, observou que o réu “buscou conduzir a conversa para um contexto sensualizado, utilizando-se de frases que levam ao entendimento de seu intuito sexual com as jovens. Ele as incentiva a se exibirem para ele, desfilarem, abaixarem o vestido, mostrarem marcas de biquíni e a passarem a língua nos lábios, tudo visando satisfazer os seus instintos pervertidos”.
Assim, o juiz condenou-o a uma pena total de um ano de quatro meses de reclusão, pelos dois crimes, inicialmente em regime aberto, e ao pagamento de dez dias multa no mínimo legal (1/30 do salário mínimo). A pena restritiva de liberdade foi substituída por uma restritiva de direito, qual seja, a de prestação pecuniária no valor de dois salários mínimos ao Hospital do Câncer.
Diante da sentença, o réu recorreu, pedindo absolvição, reiterando suas alegações. Mas, ao analisar os autos, o desembargador relator, Flávio Batista Leite, verificou que a materialidade dos crimes estava suficientemente comprovada por vários documentos, como boletins de ocorrência, autos de apreensão, laudo pericial e termo de restituição.
O relator indicou que o ECA, bem como o Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança, referente à venda de crianças, à prostituição infantil e à pornografia infantil, estabelecem que “cena de sexo explícito ou pornográfica” compreende qualquer situação que envolva criança ou adolescente em atividades sexuais explícitas, reais ou simuladas, ou exibição dos órgãos genitais de uma criança ou adolescente para fins primordialmente sexuais.

Carnaval sem DST: clamídia é pouco conhecida e pode levar à infertilidade

E aqui estamos, véspera de mais um carnaval, temporada de liberdade sexual, euforia e prazer. Mas escutemos o alerta de Renato: sexo seguro sempre, porque as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) estão aí, em grande diversidade e expressiva incidência na população. “Nunca vi um estudo estatístico que prove que a incidência de DSTs aumenta no carnaval, mas o que se nota nos postos de saúde e consultórios é um aumento no número de pessoas que procuram ajuda após os quatro dias de folia”, afirma o ginecologista e diretor da Associação de Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (SOGIMIG), Délzio Bicalho.

O mote deste ano para a campanha do Ministério da Saúde (MS) amplia o foco da prevenção de DSTs para outros grandes eventos brasileiros como a Festa de São João e a Copa do Mundo: ‘Se tem festa, festaço ou festinha, tem que ter camisinha’ é o slogan da ação. Nesta terça-feira (25), foram distribuídos 104 milhões de preservativos. “DST não tem preconceito com idade: acomete jovens, adultos, idosos e crianças (com transmissão através da mãe nos casos de Aids e sífilis). Também não tem preconceito com orientação sexual ou estado civil e muito menos com o tipo de sexo, seja ele oral, vaginal ou anal”, é o recado de Délzio Bicalho. 

Nas duas últimas décadas, segundo o especialista, a incidência de DSTs vêm aumentando. “Não somente pelo aumento populacional. Com os medicamentos de disfunção erétil, entra em cena uma faixa etária acima de 60 anos que não era ativa sexualmente e passou a ser”, diz. Délzio lembra que todas as DSTs têm tratamento e, com exceção da Aids, todas têm cura. Para ele, informação, prevenção e acompanhamento médico são os pilares para uma vida sexual saudável.

Clamídia e a infertilidade feminina
Aids, HPV, clamídia e sífilis puxam a fila das doenças sexualmente transmissíveis com consequências mais sérias. Entre elas, a clamídia é a menos conhecida. Com diagnóstico difícil, a bactéria é transmitida principalmente pela via sexual e provoca a chamada doença inflamatória pélvica da mulher. “O grande problema é que com a ausência de sintomas, passa desapercebida”, alerta o ginecologista e coordenador do Centro de Medicina Reprodutiva da Maternidade Santa Fé, Ricardo Leão. O especialista explica que, no contato com o organismo feminino, o microorganismo pode provocar a inflamação do útero e das trompas e causar dano permanente. “A trompa é o local onde o espermatozóide encontra o óvulo. Dessa forma, a mulher tem chance aumentada de ter uma gravidez tubária, além da dificuldade de engravidar”, informa. O médico explica que nem com o ultrasson ou o papanicolau é possível identificar a lesão. “Para descobrir, é preciso se submeter a um exame de sangue específico para a clamídia. Em caso positivo, pedir um raio X das trompas para saber se o contato com a bactéria gerou algum dano”, detalha. No Brasil, o sistema público de saúde não oferece gratuitamente o exame de sangue para essa doença. 

“Para quem trabalha com reprodução é um desafio muito grande. O exame não é feito de rotina e como é assintomático não é solicitado pelo ginecologista. Entre 17 e 25 anos, em geral, é a fase em que a mulher entra em contato com a clamídia, mas ela só vai descobrir o problema aos 30, quanto estiver tentando engravidar”, diz. Outro problema, aponta Ricardo Leão, é o aumento da incidência da doença em função da iniciação da vida sexual mais cedo e do maior número de parceiros.

No caso dos homens, não existe consenso científico de que o contato com a clamídia tenha relação com a infertilidade masculina. “O homem fica como transmissor, não aparece sintoma. Se a mulher apresenta algum problema, investigamos o casal. O exame de sangue detecta se o paciente já teve o contato com a clamídia ou se está doente no momento do exame”, explica Ricardo. Segundo ele, as estatísticas apontam que entre 15 e 20% das mulheres tiveram clamídia. “No entanto, esse número não reflete a realidade porque muitas delas tiveram ou têm e não sabem. Outro dado interessante mostra que 30% das causas de infertilidade em mulheres são por danos na trompa, que pode ter sido causado pela clamídia, mas também por outras doenças”, diz.

Délzio Bicalho explica que, no caso dos homens, o diagnóstico é mais fácil. “Começa a sair uma secreção pela uretra. Se o homem notar um corrimento na cueca, deve procurar um médico para avaliar a suspeita dessa doença”. Para prevenir é simples: preservativo. “A mulher poderia pegar clamídia pela boca, mas não levaria à infertilidade porque a bactéria tem predileção pelas células do trato genital feminino”, afirma Ricardo Leão. 

Aids: sexo oral pode transmitir vírus
Délzio Bicalho afirma que o mais importante para se saber sobre a Aids é que o vírus é transmitido por fluidos corpóreos como o esperma do homem ou a secreção vaginal da mulher. No final de 2013, o Ministério da Saúde divulgou que 340 mil brasileiros estão em tratamento contra a doença. No entanto, mais de 150 mil pessoas sequer sabem que são HIV positivo. “São essas pessoas que estão transmitindo o vírus e aumentando a incidência da doença”, afirma o ginecologista. 

Por incrível que pareça, a falta de informação sobre a transmissão da Aids também é um desafio brasileiro. Bicalho diz que, com medo da gravidez, o sexo oral se tornou moda entre os jovens. “Só que a ejaculação é riquíssima em carga viral”, alerta. No caso do sexo oral em mulher a situação ainda é mais complicada. “A camisinha feminina não protege totalmente contra o HIV porque ela não retém tanto a secreção vaginal”, alerta. 

Nesse caso, o ginecologista diz que a melhor forma de se prevenir é manter relações sexuais com pessoas saudáveis. Para ele, a alternativa é fazer o teste do HIV. “O exame está disponível em todos os 147 centros de saúde de Belo Horizonte”, diz. 

HPV: vacina não dispensa o papanicolau
O HPV é a doença sexualmente transmissível mais prevalente. “Temos mais casos de HPV do que todas as outras DSTs somadas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima 300 milhões de pessoas com o vírus no mundo”, diz Bicalho. O ginecologista explica que 32% desses casos englobam os tipos 16 e 18, que são os mais perigosos: podem provocar câncer de colo de útero e são assintomáticos. 

A vacinação brasileira prevista para ser iniciada em 10 de março deste ano em meninas de 11 e 13 anos é a quadrivalente. Ela oferece proteção contra quatro subtipos (6, 11, 16 e 18). Os 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer de colo de útero em todo o mundo. A expectativa para 2015 é a ampliação da vacina para meninas de 9 a 11 anos. 

Já os tipos 6 e 11, também conhecidos como verruga genital, são visíveis, não causam câncer e o tratamento consiste na retirada das lesões. “O importante a saber é que, mesmo assim, não é tão simples. Esses tipos de vírus nunca estão sozinhos, são uma combinação de vários subtipos e, se apareceu externamente, pode ser que tenha na parte interna também. Nesses casos, homens e mulheres devem procurar ajuda médica”, sugere Bicalho. O especialista lembra também que a lesão interna pode demorar entre 10 e 12 anos para se manifestar após o contato com o vírus.

O uso do preservativo também é a forma de prevenção do HPV e o ginecologista lembra: “a vacinação não dispensa o papanicolou anual”.

Hepatites virais
As mais problemáticas, segundo Délzio Bicalho, são as do tipo B e tipo C. “A hepatite B pode ser transmitida por relação sexual, compartilhamento de seringas, uso de copos comunitários e pelo canudo usado para aspirar a cocaína”, esclarece. Apenas a hepatite B tem vacina, mas no Brasil, é oferecida pelo sistema público apenas para profissionais de saúde e grávidas. Para contrair a hepatite C é preciso contato direto com sangue. “É mais raro, mas é perigoso”, diz o médico. Os sintomas piores começam a aparecer quando diminui a função do fígado e pode acabar em cirrose ou câncer. A prevenção é a mesma que para o HIV: evitar contatos com os fluidos corpóreos como saliva, secreção vaginal e esperma. 

Herpes e o beijo na boca
Os beijoqueiros de carnaval devem dar atenção especial à herpes. O HVS ou herpes vírus simples se manifesta na boca, vagina e pênis. “As lesões bolhosas aparecem na transição cutâneo-mucosa e duram entre 7 e 10 dias”, afirma Bicalho. O ginecologista diz que o líquido dentro da bolha é que transmite o vírus. “Qualquer lesão na boca é motivo para não beijar”, alerta. 

Sífilis: DST antiga que pode levar à morte
Entre as DSTs antigas - gonorréia, linfogranuloma venéreo, cancro mole, Délzio Bicalho chama atenção para a sífilis, doença causada pela bactéria Treponema. “Apesar de não ser muito frequente vem acontecendo um recrudescimento em função da permissividade sexual”, observa o especialista. A doença começa silenciosa, mas pode levar à morte. “Mas é facílimo de tratar com penicilina”. No homem, a doença se manifesta com uma ferida no pênis. Na mulher, os sintomas são inespecíficos.

O que o Google tem a dizer sobre o carnaval?

Irreverência, preconceito, amor e ódio. Sugestões do site refletem sentimentos e modo de agir da nossa sociedade


Todos sabem que o Google rivaliza com o Facebook quando o assunto é a disputa de espaço na internet. O maior serviço de buscas da web possui vários recursos para fisgar os usuários. Entre eles, o Instant, que, quando ativado, tenta se antecipar e descobrir o que o internauta deseja pesquisar. 

Isso acontece através de algoritmos complexos, mas, na prática, acaba trollando as pessoas com sugestões inusitadas e engraçadas. Às vezes, até mesmo preconceituosas. Mas vale lembrar que os resultados refletem o comportamento dos próprios foliões. Afinal, embora a internet não seja um espelho fiel da realidade - quantos se exaltam ou se transformam atrás de um smartphone ou tablet? - ainda assim é um reflexo da sociedade. 

Irreverência, preconceito, amor e ódio.

Confira algumas sugestões do gigante para buscas relacionadas à folia de Momo:

















Kits facilitam a vida do folião durante o Carnaval



Os kits já contemplam os cinco dias de folia. Foto: Humberto Reis/Divulgação
Os kits já contemplam os cinco dias de folia. Foto: Humberto Reis/Divulgação
Entre o sobe e desce das ladeiras, muitos foliões acabam descuidando um pouco da alimentação. Pensando em facilitar a vida de quem não quer trabalho no Carnaval, a Empório Cozeart oferece kits com refeições ou petiscos.

O kit Petisco é uma ótima pedida para quem precisa se alimentar rápido antes de sair para as festas. Ele é composto por uma tábua de frios, uma porção de torrada natural e pasta de cream cheese com damasco (R$ 38,90).

Já o Kit Folia é ótimo para quem vai brincar os dias de Carnaval, servindo tanto para o almoço e o jantar. São combinados de pratos individuais de rotolone misto, escondidinho de charque, filé de frango ao molho de quatro queijos, lasanha à bolonhesa e polpeta de carne (R$ 85.90).

Serviço
Empório Cozeart
Avenida Conselheiro Aguiar, 3786 - Boa Viagem
Telefone: (81) 3467-1326.

As músicas mais tocadas no carnaval do Brasil 2014

Foliões curtem Carnaval de Olinda nas ladeiras do Sitio Historico. Foto: Ricardo Fernandes/DP/D.A Press



O evento mais esperado do ano já começou, os pernambucanos não precisam esperar até o sábado de Zé Pereira para cair na folia, às prévias fazem parte do nosso roteiro carnavalesco desde o mês de janeiro. Mas não é só o frevo que invade a festa, os ritmos se misturam e fazem uma folia multicultural envolvendo axé, sertanejo, arroxa, funk. 

Todos os anos cantores lançam músicas que grudam na mente do folião, elas tocam no rádio, nos trios elétricos, nos bares, nas prévias, no galo e nas ladeiras de Olinda, por isso se você ainda não sabe quais vão ser os hits mais tocados na festa do Momo, confere a listinha, aproveita e aperta play para aprender e chegar com a letra na ponta da língua no carnaval.

Lepo lepo, Psirico 
A festa do Momo 2014 já tem um sigle oficial, o que não seria surpresa já que todo ano o grupo emplaca uma faixa nesta época.


Beijinho no Ombro, Valesca Popozuda
Essa sim é a música chiclete! O maior hit da Valesca já bombou no Ano Novo e promete continuar embalando os foliões durante o Carnaval.


Tempo de Alegria, Ivete Sangalo
Considera e aplaudida como a rainha do carnaval, Ivete Sangalo sempre estoura com uma música e neste ano a escolhida foi a da abertura do DVD, gravado em Salvador, o hit está tocando em todas as rádios e baladas desde o início do ano.


Claudinha Bagunceira, Claudia Leitte
Em busca do título de cidadã pernambucana, a baiana Claudia Leitte já é dona de vários hits carnavalescos e desta vez ela aposta na faixa Claudinha Bagunceira gravada durante de seu DVD em Recife.


Piradinha, Gabriel Valim
No ritmo sertanejo que também invade a folia, a música Piradinha estourou no ano passado, com o personagem da novela Amor à vida, com a personagem Valdirene e promete continuar fazendo sucesso no carnaval 2014.


Vem Delícia, Naldo Benny
Depois de Amor de chocolate Caipifruta, o funkeiro promote mais uma música pra tocar exaustivamente nas festas desse feriadão.


Raiz do Bem, Saulo Fernandes
O ex-integrante da banda EVA colocou todo mundo pra cantar durante o Festival de Verão de Salvador este ano com esta música que já é uma das mais tocadas em Salvador e no Recife.


Show das Poderosas, Anitta
Quase um ano depois o hit da carioca Anitta, continua fazendo parte do repertório das festas do Recife. Então, PRE-PA-RA que o Show das poderosas vai invadir novamente o carnaval da capital pernambucana.


Simplesmente, Banda Eva
Agora liderado por Felipe Pezzoni, após a saída de Saulo Fernandes, o EVA já é uma das bandas mais tradicionais do axé e aposta na faixa Simplesmente para levantar os foliões.


É só chegar e beijar, Cristiano Araujo
Chegando ao sertanejo, que é um ritmo que também está presente nos carnavais pelo país. Cristiano Araújo que já havia emplacado Empindinha nas rádios brasileiras, agora aposta em É Só Chegar e Beijar como hit do Carnaval. E aí, “Primeiro beijo, depois whatsapp”?


Agora que o repertório dos hits que vão está presente na festa mais esperada do ano foi atualizado, o que resta é esperar pelo sábado de Zé Pereira e adiar a quarta-feira ingrata. E pra finalizar, o rei do brega, Reginaldo Rossi, vai estar presente em todos os lugares nesses quatro dias de folia.

Diretoria do Sport não descarta escalar juniores no restante do Estadual

A derrota por 2 a 1 para o Náutico, nesta quinta-feira, na Arena Pernambuco, pode ter sido a gota d'água na insatisfação da diretoria rubro-negra com o andamento do Campeonato Pernambucano. Principalmente pelo fato da equipe ter entrado em campo apenas 48 após enfrentar o CSA na Copa do Nordeste e ter dois pênaltis (existentes) não marcados a seu favor contra os alvirrubros. Se sentindo prejudicados, os dirigentes leoninos estudam tomar posição. Não está descartada, por exemplo, a possibilidade do clube disputar as rodadas restantes do Estadual com uma equipe B ou formada por juniores. Ideia que já vem sido defendida por alguns torcedores nas redes sociais.

Procurado pelo Superesportes, o vice-presidente jurídico (que acumula o cargo de diretor de futebol) Arnaldo Barros, apesar de não querer revelar qual o rumo que o clube irá tomar, não descartou a possibilidade. A decisão final sairá após uma reunião com o presidente João Humberto Martorelli.

"Nosso presidente vai se assessorar daqueles que o cercam. Mas essa é uma decisão estratégica e institucional. Está acima, inclusive, de um aconselhamento da comissão técnica. As possibilidades existem, não estão descartadas e serão analisadas", explicou Arnaldo Barros, que, no entanto, praticamente descartou a chance de o Sport retirar o time do campeonato.

"Retirar o Sport do campeonato foi uma possibilidade ventilada, mas existe pouca chance que ela aconteça. Não pelo fato dela ser radical, mas pela consequência que isso pode trazer no futuro ao clube", pontuou.

O Superesportes entrou em contato com o presidente do Sport, João Humberto Martorelli, mas ele não quis falar sobre o assunto. Assim, as reclamações se concentraram em Arnaldo Barros.
"Está nítido que o Sport está sendo prejudicado. Desde a elaboração da primeira tabela, que marcava a estreia contra o Salgueiro, no sertão, quando nós eramos os atuais vice-campeõs. Quem deveria enfrentar o Salgueiro lá era o Náutico. Depois fomos submetidos a jogar contra o Náutico 48 horas após uma decisão contra o CSA. E no jogo tivemos dois pênaltis claros que o juiz só não marcou porque não quis. São os fatos. Isso é uma constatação", finalizou Arnaldo Barros.

Hemope convoca doadores para garantir estoque de sangue para o carnaval

A Fundação Hemope realiza uma campanha de doação de sangue durante o carnaval. As ações estão sendo realizadas desde o dia 10 e até o dia 1º de março,  com o tema "Faça seu sangue circular", para sensibilizar a população ea garantir o estoque que irá atender à demanda a festa.
De acordo com a diretora de hemoterapia, Elizabeth Vilar, é preciso aumentar o estoque de sangue em até 10% do nível habitual. "O período é crítico e altamente preocupante. O número de doações fica reduzido durante os dias de carnaval. É importante pensar nos imprevistos”, disse.
Cabo - Na manhã desta sexta-feira, a diretoria do Hospital Dom Helder, no Cabo de Santo Agostinho, realiza uma campanha de sensibilização com acompanhantes e pacientes internos na unidade. O objetivo é alertar para a necessidade de doação de sangue e órgãos, sobretudo nesse período de folia, quando a combinação entre consumo de álcool e direção sempre provoca acréscimo no número de acidentes.
A sensibilização acontece a partir das 10h, com rodas de conversas no quarto e quinto andares, nos setores de clínica médica, cardiologia e traumatologia, as duas últimas especialidades de referência do hospital. Para ser doador de sangue é preciso ter entre 16 e 67 anos de idade; ter mais de 51kg e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 24h. Também não podem diabéticos ou quem tem problemas cardíacos.

Para doar órgãos e tecidos, a pessoa só precisa ter comunicado o desejo de ajudar a salvar a vida de outros aos familiares. São eles que decidem se autorizam ou não a captação.

Plataforma inclina em Campos; Petrobras diz que não há risco de afundar

Agência Brasil
Uma plataforma da empresa Noble, que está a serviço da Petrobras, adernou na madrugada desta sexta-feira (28/2) na Bacia de Campos. Segundo a assessoria de imprensa da Petrobras, uma equipe de contingência está neste momento no local tentando estabilizar a plataforma SS-53.
Ainda de acordo com a assessoria de imprensa, não há risco de afundamento. A Petrobras não deu mais detalhes sobre o incidente. Segundo o diretor do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), Vitor Carvalho, a SS-53 é uma sonda de perfuração de poços, mas há informações de que ultimamente ela era usada como alojamento para pessoal que trabalha na manutenção de unidades de produção em alto-mar.
“Ela teria sofrido um descontrole e adernou. Durante a madrugada, recebemos informações de que o pessoal não afeito à área técnica da plataforma foi evacuado. Só o pessoal técnico da Noble permaneceu”, disse Vitor. A plataforma foi construída em 1998 e está registrada sob a bandeira da Libéria, país da África ocidental.

Aldo Santos acompanha Eduardo Campos e Paulo Câmara no carnaval 2014

Eduardo-e-Paulo-Câmara
O secretário de Agricultura de Pernambuco Aldo Santos, segue agenda do governador Eduardo Campos no carnaval:


Leia mais AQUi

MÚSICO SANTACRUZENSE “BETO BATERA” ESCAPA ILESO DE GRAVE ACIDENTE NA PE-160

 Na noite da última terça-feira (25), por volta das 18h00min, o músico santacruzense Auriberto Aurino Ferreira, conhecido como “Beto Batera”, escapou ileso de um grave acidente na PE-160.


  De acordo com as informações, Beto estava conduzindo um caminhão pipa de grande porte em direção ao município de Jataúba quando um jumento apareceu, de repente, na pista.


leia mais AQUI.

Secretário de Desenvolvimento de Petrolândia, Rogério Viana alerta para nível crítico do Lago de Itaparica após manutenção de redução da vazão pela ANA

Petrolândia (PE) é banhada e abastecida pelo Lago de Itaparica, da UHE Luiz Gonzaga
(Foto: Lúcia Xavier)

Essa é pra passar o Carnaval preocupado. Mais uma vez a situação do Lago de Itaparica tende a se agravar nos próximos 30 dias, pois a ANA - Agência Nacional de Águas resolveu manter a vazão baixa nos reservatórios de Sobradinho e Xingó (Itaparica fica entre os dois reservatórios). Pela previsão da Chesf, hoje (28/02/2014) o Lago de Itaparica deve estar com apenas 29,3% do volume útil. Isso significa que, no final de março com a vazão reduzida são grandes as chances do nível baixar até os 25%. Chegando a essa situação, os problemas de captação de água para os diversos usos será ampliado e estará a beira do colapso.

Leia mais AQUI

Aos 34 anos, morre o blogueiro Emanoel Glicério



É com imenso pesar que noticiamos o falecimento do jornalista, blogueiro e amigo Emanoel Glicério, 34 anos de idade, ocorrido às 23 horas desta quinta-feira (27), vítima de infecção generalizada decorrente de outras doenças.

Emanoel nasceu em 27 de maio de 1979 em Santa Cruz do Capibaribe, concluiu o ensino médio na escola Padre Zuzinha em 1998 e Iniciou a graduação de jornalismo em 2002 na Universidade Estadual da Paraíba –  UEPB porém não chegou a concluir o curso .
Emanoel Glicério atuou em diversas mídias impressas em Santa Cruz do Capibaribe, tais como a Revista “A Capital” e o Jornal “Correio Universitário”, ambos formados por estudantes de jornalismo na época; trabalhou também como radialista e comentarista político em diversas emissoras de rádios da região, entre elas as rádios: Santa Cruz FM, Comunidade FM, IGM FM, e atualmente fazia parte do corpo de debatedores do Programa Rádio Debate na Polo FM, comandando pelo radialista e blogueiro Ney Lima, com a participação de Romenyck Stifen, Magno Marthins e Inaldo Sampaio, atuava também como apresentador e comentarista do programa Vale Tudo da Vale AM, ao lado de Hildo Teixeira e Egídio Amorim.
 Tornou-se conhecido na imprensa local através do seu blog “Diário da Sulanca”, lançado no final do ano de 2007 e tido como um dos primeiros na Capital da Moda a ter conteúdos voltados especialmente para a política de Santa Cruz do Capibaribe e região.
Emanoel já havia despertado interesse pela política desde a sua infância, no qual se dedicou a ler livros sobre o assunto e sempre debatia politica em todas as suas conversas e assim conseguiu construir uma carreira consolidada  na imprensa local, conquistando o respeito dos políticos de todas as alas de Santa Cruz do Capibaribe.

Todos nós que fazemos parte da blogosfera pernambucana, através da ABLOGPE, ficamos aqui com essa saudade deste blogueiro que nos deixa assim tão jovem.
Entre Amigos: assim o conhecemos, assim o lembraremos. 

Vai com Deus! Um dia a gente se encontra!







Em dia de arbitragem polêmica, Náutico vence Sport por 2 a 1 e lidera o Estadual

Sport conseguiu ser superior após tomar primeiro gol, mas foi surpreendido na etapa final (Ricardo Fernandes/DP/D.A Press)
Sport conseguiu ser superior após tomar primeiro gol, mas foi surpreendido na etapa final
Como se já não estivesse cercado de polêmica suficiente, o terceiro Clássico dos Clássicos da temporada ficou marcado também pela péssima arbitragem de Gleydson Leite, que deixou de marcar dois pênaltis claros para o Sport. Melhor para o Náutico. O Timbu venceu a segunda partida consecutiva no Pernambucano e assumiu a liderança isolada do Hexagonal Final, consolidando a boa fase. O Leão, por sua vez, começa a viver uma fase bem diferente do início do trabalho de Eduardo Baptista. Depois das cinco vitórias consecutivas, os rubro-negros amargaram a terceira partida sem triunfo.

Inversão de papéis
Com esquemas bem parecidos, o encaixe das duas equipes em campo foi praticamente automático. Mas, apesar das semelhanças, havia diferenças básicas nas duas propostas. Desde os minutos iniciais ficou claro que a estratégia rubro-negra era aguardar o Náutico em seu campo de defesa e 
Carmona fez os gols do Timbu (Ricardo Fernandes/DP/D.A Press)
Carmona fez os gols do Timbu
apostar na velocidade de seus contra-ataques. Este cenário, porém, logo seria alterado. Logo em sua primeira boa investida, o Náutico abriu o placar. Com uma bela enfiada, Marcos Vinícius lançou Pedro Carmona, que ganhou a disputa com Patric e tocou rasteiro no contrapé de Magrão.

A partir daí, os papeis se inverteram. Obrigados a buscar o empate, os rubro-negros passavam mais tempo com a posse da bola, mas tinham muitas dificuldades na criação das jogadas. A primeira boa chance veio somente aos 21 minutos, quando Patric tabelou com Neto Baiano e soltou uma bomba de pé esquerdo, beliscando o travessão de Alessandro. Tendo muito trabalho até para passar pela primeira linha de marcação, o Leão só voltou a assustar aos 42, quando Ewerton Páscoa desperdiçou uma oportunidade dentro da pequena área alvirrubra, logo depois de o árbitro Gleydson Leite deixar de marcar um pênalti sobre Patric.

Segundo tempo
Diante da baixa produtividade do Leão, o técnico Eduardo Baptista voltou do intervalo com duas alterações: Aílton na vaga de Robert Flores e Ananias na de Érico Júnior. As mudanças logo surtiram efeito e o Sport passou a trocar passes com mais tranquilidade na metade alvirrubra do gramado. E em três minutos, a partida estava empatada. Numa boa jogada pelo meio, Renê lançou para Ewerton Páscoa, que contou com a furada de Izaldo para ficar cara a cara com Alessandro e fuzilar na saída do camisa 1 do Timbu.

O Sport seguia melhor em campo e estava mais perto do segundo gol, quando Gleydson Leite cometeu o seu segundo erro grave na partida. Depois de receber bom lançamento de Ananias, Neto Baiano se antecipou à saída de Alessandro, que calçou o atacante rubro-negro. Mal posicionado, o árbitro ignorou o lance e para inflamar ainda mais os ânimios do Leão, o Náutico voltou a ficar em vantagem na jogada seguinte. Numa boa jogada pela esquerda, Paulo Júnior driblou Patric e achou Pedro Carmona livre para marcar seu segundo gol e decretar a segunda vitória dos comandados de Lisca sobre o rival.

Ficha do jogo

Náutico 2
Alessandro; Hélder Maurílio, Luiz Alberto, Flávio e Izaldo; Elicarlos, Dê, Yuri, Pedro Carmona e Marcos Vinícius (Roberson - aos 28’ do 2ºT); Hugo (Paulo Júnior - aos 18’ do 2ºT).
Técnico: Lisca.

Sport 1
Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Ewerton Páscoa (Ronaldo - aos 27’ do 2ºT), Robert Flores (Ailton - intervalo), Érico Júnior (Ananias - intervalo) e Felipe Azevedo; Neto Baiano.
Técnico: Eduardo Baptista.

Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Árbitro: Gleydson Ferreira Leite (PE).Assistentes: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Albino de Andrade Albert Júnior (PE). Gols: Náutico - Pedro Carmona (aos 9’ do 1ºT e aos 26’ do 2ºT); Sport - Ewerton Páscoa (aos 3’ do 2ºT). Cartões amarelos: Náutico - Marcos Vinícius (aos 22’ do 1ºT); Sport - Rodrigo Mancha (aos 23’ do 1ºT), Felipe Azevedo (aos 27’ do 1ºT), Ronaldo (aos 31’ do 2ºT), Renê e Ferron (aos 48min do 2°T).Público: 8784 pessoas. Renda: R$ 192.280,00.
Destaque da partida, Pedro Carmona comemora segundo gol do Náutico  (Ricardo Fernandes/DP/D.A Press)
Destaque da partida, Pedro Carmona comemora segundo gol do Náutico

Operação desbarata quadrilha que usava a internet para traficar droga

O diretor de Polícia Metropolitana, Luiz Andrey,  e a delegada da Seccional de Paulista, Morgana Bezerra, apresentam nesta sexta-feira o balanço geral da Operação Litoral Norte, realizada nesta quinta-feira em Olinda e Paulista para identificar e prender suspeitos de envolvimento com a prática de  tráfico de drogas e associação para o tráfico na  cidade do Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR).
Na entrevista coletiva, que acontece esta manhã, na sede operacional da Polícia Civil, na esquina da Rua da Aurora, os delegados vão detalhar a atuação do grupo de 21 pessoas que se utilizava da internet para traficar drogas. Foram apreendidas grande quantidade de drogas, armas, inclusive uma metralhadora e munições de diversos calibres, que serão apresentados à polícia.
Participaram dos trabalhos 48 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães e 48 policiais militares, entre oficiais e praças, totalizando 96 homens.
A operação foi coordenada pela Diretoria Integrada Metropolitana da Polícia Civil. As investigações foram inicadas há três meses pela Delegacia da 32ª Circunscrição Policial – Engenho Maranguape, com apoio do Núcleo de Inteligência da Diretoria Metropolitana da Polícia Civil (DIDIM), Diretoria de inteligência da Polícia Civil (DINTEL) e do Centro integrado de Inteligência de Defesa Social (CIIDS).

Blogosfera de Luto

Mais um blogueiro que nos deixa saudade...



Todos nós que fazemos parte da blogosfera pernambucana, através da ABLOGPE, ficamos aqui com essa saudade deste blogueiro que nos deixa assim tão jovem.
Entre Amigos: assim o conhecemos, assim o lembraremos.  

Emanoel Glicério
Nascido em 1979 e graduando em jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba - UEPB, atuou na Revista A Capital e Rádios AM/FM, atualmente é titular do Blog Diário da Sulanca, principal veículo on-line de Santa Cruz do Capibaribe, faleceu às 23h desta quinta-feira 27-02-2014

Vai com Deus! Um dia a gente se encontra!

O Blog do Ney Lima fez a seguinte matéria com mais informação:
http://www.blogdoneylima.com.br/luto-3/

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Dicas: Entenda as diferenças entre os cartões USB

Realmente, eles são todos iguais – mas só por fora. Você sabia que os cartões SD, hoje usados em mais de 90% das câmeras fotográficas e filmadoras, são bem diferentes entre si? E mais: sabia que se, por acaso, você errar na escolha, isso pode comprometer bastante o desempenho do seu equipamento?

Basicamente três pilares dividem os cartões SD: memória, classe e velocidade. Vamos começar pelo mais simples. Todos são SD, mas existem nomenclaturas específicas para distinguir os cartões com maior capacidade de memória. Aliás, para começar, o SD do nome dos cartões quer dizer Secure Digital – ou digitalmente seguro.

Aí, temos os com capacidade para até 2 GB são chamados apenas de SD mesmo. Já o padrão SDHC denomina cartões com capacidade de armazenamento entre 4 e 32 GB e são os mais utilizados hoje em dia. O HC, dá até para adivinhar: significa High Capacity. Mas como espaço nunca é demais, o mercado já estabeleceu um novo padrão; o SDXC, que pode chegar a 2 Terabytes de memória. O “xis” do nome quer dizer Extended, ou Estendida.

A segunda característica a ser observada em um cartão SD é sua “classe”. Os diferentes modelos são classificados em classes de um a dez, mas as três mais comuns disponíveis no mercado são as classes quatro, seis e dez. A classe do cartão SD corresponde à quantidade de quadros por segundo que o cartão consegue armazenar.

Importante ressaltar também que a classe do cartão pouco tem a ver com a fotografia. O que tem a ver com fotos é a velocidade do cartão SD; normalmente expressa em megabytes por segundo. Há diferentes valores para a taxa de gravação e leitura nos cartões SD. A velocidade deve ser bem avaliada principalmente para quem for usar o cartão em câmeras fotográficas.

Cartões simples e baratos costumam ter velocidade de 5 megabytes por segundo; os mais caros e modernos, chegam a até 100 megabytes por segundo. Para usufruir bem da tecnologia que seu equipamento oferece, procure um cartão SD com, no mínimo, 15 megabytes por segundo – com essa velocidade já é possível inclusive fazer fotos em sequência.

Mas lembre-se da dica: consulte sempre o manual da sua câmera. As marcas sempre recomendam qual classe e velocidade de cartão SD é mais adequada àquele equipamento.

"Por exemplo, se você tiver uma câmera mais simples, compacta, tem de olhar para mais capacidade - quantas fotos quer armazenar. Se a câmera for mais profissional, você já começa a olhar tanto a classe, pra fazer vídeo, quanto a velocidade do cartão", explica Paulo Vizaco, diretor comercial da Kingston Technology. "Muitas vezes a pessoa compra uma câmera semiprofissional e um cartão com velocidade baixa e não consegue fazer as fotos quadro a quadro, ter velocidade e acaba achando que é problema da câmera."

Para quem quer mais memória em tablets e smartphones, o cartão SD também tem uma versão micro, que segue as mesmas regras dos SD tradicionais de classe e velocidade.

"Como o celular, hoje, reúne foto, vídeo etc, acho que é mais interessante comprar um microSD de maior capacidade. Sempre olhando, obviamente, se o seu celular suporta a capacidade que você quer comprar", comenta Vizaco.

Agora que você já conhece as diferenças entre os cartões, tem outra pergunta. O que é melhor: uma câmera fotográfica que filma ou uma filmadora que tira fotos? Confira a comparação que fizemos recentemente aqui no site. Fique por dentro e acerte nas suas escolhas.

Olhar Digital

Boeing apresenta smartphone com função de autodestruição


Você provavelmente já ouviu falar da Boeing, que constrói aviões. A novidade é que essa mesma empresa acostumada a assuntos ligados a aviação resolveu se aventurar no mercado de mobilidade e vai lançar um smartphone com Android. Mas não será um aparelho comum.
As configurações do Boeing Black Smartphone são dignas de um aparelho de agente secreto. Para se ter uma ideia, as comunicações são feitas de forma criptografada e, caso alguém tente abrir o celular, ele automaticamente destrói todos os dados. Ele tem 5,2 polegadas, pode ser configurado para se conectar a sensores biométricos ou satélites.

O Black é um telefone celular voltado unicamente ao setor governamental e poderá ser comprado por agências ou empresas que atuem diretamente com elas. Ele promete entregar um nível de segurança não visto em smartphones comuns - ainda mais em se tratando de Android, alvo da maioria dos ataques voltados a aparelhos móveis.
O preço e a data de lançamento não foram informados, mas, de acordo com a Reuters, a Boeing já começou a oferecer o Black a potenciais clientes.

Plugado no carnaval: baixe os aplicativos para aproveitar melhor a folia


A tecnologia pode ser usada a favor do folião durante o carnaval. Diversos aplicativos com as mais diversas funções, como transporte, paquera e programação, estão disponíveis para iOS, Android e Windows Phone. Por isso, o Pernambuco.com fez uma lista com os principais aplicativos para cair na folia em 2014 com todas as facilidades. Confira:

TRANSPORTE E LOCALIZAÇÃO 


Cittabus
Um sistema de mapas localiza todas as paradas de ônibus disponíveis ao redor do usuário do aplicativo, que pode buscar por linhas em partiular e descobrir em quanto tempo o ônibus passa por ali, além de consultar o itinerário do veículp. Assim, é possível se planejar e não perder tanto tempo na espera do transporte público. O aplicativo está disponível gratuitamente para o sistema operacional Android e já conta com mais de 60% da frota de ônibus do Grande Recife cadastrada. 

Easy taxi e 99 táxis 

Para evitar a disputa por táxis durante a folia,que tal investir nos aplicativos Easy Taxi e 99 Táxis? Disponíveis para iOS, Android e Windows Phone, são gratuitos e permitem encontrar táxis com muita rapidez. Após um fornecimento de dados para cadastro no sistema, os aplicativos encontram o táxi mais próximo de você por um sistema de GPS. Também é possível acompanhar o trajeto do veículo até que ele chegue ao seu destino. Tanto no Easy Taxi quanto no 99 Táxis, a segurança é um ponto alto, porque permite ao usuário conhecer o taxista antes mesmo de sua chegada, bem como detalhes do carro, e outros dados necessários para identificação entre o passageiro e o motorista.  

Waze 
O Waze é uma espécie de "GPS social e de trânsito". O aplicativo funciona como uma grande rede social em que cada usuário pode colaborar e fornecer sobre como está o tráfego de automóveis em sua região. Se algum acidente impossibilita o trânsito, se alguma via está interditada, entre outros fatores. Pode ser bastante útil, principalmente considerando a mudança do trânsito na cidade graças a montagem de palcos e do acontecimento das festas. O Waze está disponível em Android, iOS e Windows Phone. 

Foursquare
Um aplicativo de localização e troca de experiência, o Foursquare é útil para marcar o lugar onde você está e também para emitir opiniões sobre ele, formando uma grande rede onde é possível descobrir mais sobre bares e restaurantes, por exemplo. De acordo com os lugares frequentados pelo usuário, o Foursquare oferece outras opções para visitação no mesmo estilo que as anteriores. Está disponível gratuitamente  para iOS, Android e Windows Phone. 


PAQUERA


Tinder, iPego e Grindr

O carnaval é um momento de muita descontração, de conhecer pessoas novas e, claro, de paquerar. Além de conhecer alguém pessoalmente, durante a folia, você também pode encontrar gente nova por meio de aplicativos. É o caso do Tinder, do iPego e do Grindr. O último é destinado ao público gay. Em todos eles, depois de conectados ao Facebook e de um cadastro do seu perfil - contendo seus gostos e o que você procura -, há uma busca por pessoas compatíveis com você. Se a vontade de conversar for mútua, o aplicativo coloca as pessoas em contato e a paquera começa. Nenhuma informação é divulgada nas redes sociais, preservando a identidade dos usuários. OS aplicativos estão disponíveis de forma gratuita para iOS e Android.

PROGRAMAÇÃO 
PE no Carnaval e Carnaval do Recife 2014
O PE no Carnaval e o Carnaval do Recife 2014 reúnem uma lista completa de todos os blocos, agremiações e concentrações da festa mais esperada de Pernambuco. Eles também disponibilizam a opção de montar uma agenda e organizar melhor o tempo da folia, sem esquecer nada do que foi planejado para os dias do carnaval. É possível,ainda, descobrir mais sobre os homenageados deste ano e os principais polos da cidade. Está disponível gratuitamente pra iOS, Android e Windows Phone.  


DIVERSÃO

Carnaval
Disponível para iOS gratuitamente, o aplicativo Carnaval vai te ajudar a entrar no ritmo da festa de momo. Com várias opções de instrumentos, ele simula sons de apito, chocalho, pandeiro, entre outros. Basta o folião chacoalhar o celular. 

Instagram

O famoso aplicativo de fotos pode ser um grande aliado na hora de registrar os momentos mais marcantes da folia. Disponível para Android, iOS e Windows Phone de forma gratuita, o Instagram é a forma mais prática de fotografar com dispositivos móveis.

Ads Inside Post