segunda-feira, 31 de março de 2014

Blogueiro Igor Teixeira critica legado petista em Camaragibe


O Blogueiro Igor Teixeira lembrou os 08 anos do Governo petista (1997 a  2004) na cidade de Camaragibe (RMR), e segundo ele, houve um legado negativo.


Confira o artigo publicado em seu blog clicando AQUI.




Câmara dos Deputados relembra 50 anos do golpe militar com série de eventos

Após 50 anos do golpe militar que levou o Brasil a uma ditadura que durou mais de duas décadas, a Câmara dos Deputados vai realizar uma série de eventos para lembrar a luta pela volta da democracia e a resistência contra a ditadura.

Sessão solene, atos públicos e exposições são algumas das atividades que pretendem proporcionar uma reflexão sobre o dia 31 de março de 1964 - data a partir da qual o Brasil ingressou no regime de exceção - e os 21 anos subsequentes, período que durou a ditadura.

Nesta terça-feira, 1º de abril, às 9h30, será realizada uma sessão solene no Plenário Ulysses Guimarães a pedido da deputada Luiza Erundina (PSB-SP). Entre os principais convidados para a solenidade está Maria Thereza Goulart, viúva do ex-presidente João Goulart, cuja cassação abriu caminho para a ditadura.

Durante a sessão solene, a Câmara também vai inaugurar o "Ano da Democracia, da Memória e do Direito à Verdade" - uma agenda de eventos políticos, culturais e educativos que se estenderá até o fim de 2014.

Congresso fechado
O objetivo é marcar a presença da Casa no resgate histórico daquele período, por meio da reafirmação da democracia e de homenagens aos que resistiram ao autoritarismo, como lembra a deputada Luiza Erundina. "O Congresso foi diretamente afetado, atingido pelo regime de exceção. O Congresso Nacional foi fechado três vezes. A Câmara dos Deputados teve 173 parlamentares cassados. [O então deputado] Rubem Paiva ainda hoje está desaparecido e o seu destino [é desconhecido], embora haja fortes indícios de ele ter sido assassinado nos porões da ditadura. Então, isso explica a necessidade, a importância e o simbolismo dessas manifestações que estamos a promover no País inteiro durante este ano."

Após a sessão solene, será aberta a exposição "Instituições Mutiladas, Resistência e Reconstrução Democrática (1964-2014)", no corredor de acesso ao Plenário. A mostra apresenta um panorama sobre as instituições atingidas pelo governo autoritário, ao mesmo tempo em que destaca as diversas formas de resistência à ditadura e de reconstrução da democracia.

Luiza Erundina defende a continuidade das investigações sobre os desaparecimentos e mortes e a punição dos envolvidos.

Comissão da Verdade
A deputada destaca que esclarecer os fatos ocorridos no passado é uma forma de evitar que voltem a acontecer no futuro. "Ainda temos dezenas de brasileiros desaparecidos, cujo destino dos seus corpos sequer os familiares tiveram direito de conhecer. Certamente [a ditadura] deixou uma triste herança que afetou não só os diretamente envolvidos na resistência à ditadura, mas a própria democracia brasileira.”
Erundina acrescentou que a redemocratização ainda está inacabada. “Enquanto não se passar a limpo, completamente, essa história, certamente não se terá a garantia de que esses fatos não ocorram no futuro."

Também nesta terça-feira, às 14 horas, vai ser reinstalada subcomissão da Comissão de Direitos Humanos e Minorias denominada Comissão Parlamentar da Verdade. A subcomissão foi criada em 2012, quando realizou o projeto de devolução simbólica dos mandatos dos 173 deputados federais cassados pelo regime de exceção.

Além disso, ao longo do mês de abril, a TV Câmara apresentará quatro documentários relativos ao tema. Estão programadas duas entrevistas da série "Memórias" - com o jornalista Mino Carta e com o ex-deputado Waldir Pires -, o filme "Esquerda, Volver" , sobre a perseguição e a expulsão de militares que foram contrários ao golpe, e uma obra, ainda sem título, sobre a atuação de advogados durante a ditadura.

Curso prepara policiais para enfrentar crimes cibernéticos na Copa

Agência Brasil

O Brasil é um dos países com maior ocorrência de crimes cibernéticos no mundo e para preparar o país contra ataques às suas redes de informação durante a Copa do Mundo, as Olimpíadas e as Paralimpíadas de 2016, policiais que atuam na área de inteligência iniciaram hoje (31) cursos de capacitação promovido pela Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge) do Ministério da Justiça.

De acordo com o diretor de Projetos Especiais da secretaria, William Marcel, responsável pela organização do curso, “essa é uma das maiores preocupações da secretaria em relação à Copa, pois a imprensa de todo o mundo vai estar aqui e não podemos permitir ataques aos nossos sistemas de comunicações. Por isso, profissionais da área de inteligência que vão atuar no evento estão sendo capacitados para enfrentar esse tipo de crime”.

Marcel explica que a melhor maneira de lidar com o problema é a prevenção. Para isso, as ações preventivas utilizarão “tecnologias bastante avançadas, a partir do monitoramento de redes paralelamente à ação da Polícia Judiciária para identificar e prender os criminosos”.

Em pesquisa realizada pela empresa norte-americana Norton, especializada em antivírus, o Brasil ocupava em 2011 o quarto lugar, em uma lista de 24 países, com maior quantidade de crimes cibernéticos aplicados. Somente as redes do Governo Federal recebem, de acordo com a Polícia Federal, mais de 2 mil ataques por hora. Além disso, mais de 80% dos usuários da internet já foram vítimas desse tipo de crime. A cada 11 dias, uma nova vítima de crime cibernético é registrada no país. De acordo com a secretaria para grandes eventos, Calcula-se que, anualmente, o prejuízo chegue a R$ 15 bilhões.

Os cursos vão até o dia 4 de abril, na Escola de Administração Fazendária. No currículo, há matérias como inteligência e investigação de crimes cibernéticos, aspectos legais dos crimes cibernéticos, noções de análise e monitoramento de redes sociais e medidas de inteligência para o combate à intolerância esportiva.

“O Curso de Inteligência e Investigação de Crimes Cibernéticos visa a capacitar profissionais da área de segurança pública na análise e produção de conhecimento a partir de dados e informações que circulam no ambiente cibernético, possibilitando mitigar vulnerabilidades que ameaçam a segurança das instituições de Estado e dos próprios eventos programados, bem como para identificar e enfrentar a criminalidade praticada na rede mundial de computadores”, disse o diretor de inteligência da Sesge, Rodrigo Morais Fernandes. O curso tem a participação de profissionais das polícias Militar e Civil e das secretarias de Segurança Pública dos estados do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Paraná e Rio Grande do Sul. Participam, também, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional de Segurança.

Simpsons voltam ao Brasil em episódio na Copa do Mundo

No episódio, Homer visita o Brasil pela segunda vez. Foto: Fox/Divulgação
No episódio, Homer visita o Brasil pela segunda vez. Foto: Fox/Divulgação

Os Simpsons voltaram ao Brasil em mais um episódio polêmico, que foi exibido nos Estados Unidos neste domingo (30). No capítulo, Homer se torna o juiz da final da Copa do Mundo de 2014, convidado pela WFF (World Football Federation, uma paródia da Fifa). No jogo, realizado em um estádio parecido com a Arena Corinthians, a Alemanha vence o Brasil por 2 a 0. Entre as piadas ácidas, o principal jogador dos brasileiros é "El Divo", que tenta cavar um pênalti na final. Ele é carregado para fora do gramado e enterrado, mas, ainda assim, Homer não cai na "simulação". Apesar de não citar nomes, "El Divo" é uma referência clara a Neymar.

Além das piadas diretas com o futebol, a reputação do Brasil no exterior também é fonte para o humor. O episódio tem traficantes, mulheres-objeto e corrupção. A ignorância dos norte-americanos em relação ao futebol também é alvo das piadas. Logo no começo do capítulo, quando Homer é convidado para “o maior evento esportivo do mundo”, ele responde perguntando: “O Super Bowl?”, final do futebol americano nos Estados Unidos. E o vice-presidente da WFF completa: “Bem que gostaríamos”. No estádio da final, existe uma faixa ironizando a World Series, final do beisebol apenas com times dos Estados Unidos e Canadá: “Copa do Mundo – como a World Series, mas com o mundo todo”.

Sobra até para os alemães. Na final, a torcida brasileira ofende os germânicos com gritos de "nazistas". Os torcedores da Alemanha respondem gritando "protetores de nazistas" e alguém aparece apartando a briga, dizendo que os dois lados estão certos – uma referência aos nazistas que, após a segunda guerra mundial, fugiram para países da América do Sul, como o Brasil.

Batizado de You don't have to live like a referee, esse é o segundo episódio em que os Simpsons visitam o Brasil. No primeiro, Blame it on Lisa, de 2002, a família vai para o Rio de Janeiro em busca de Ronaldo, um orfão apadrinhado por Lisa. Na época, as piadas foram tão mal recebidas pelas autoridades brasileiras que a Fox foi ameaçada de processo. Fernando Henrique Cardoso, então presidente brasileiro, disse queBlame it on Lisa, traduzido como O feitiço de Lisa, trazia uma visão distorcida do país.

7 Dicas De Como Escolher Um Bom Nome De Domínio Para Um Blog

 CRIE UMA IDENTIFICAÇÃO

Esta primeira dica talvez seja a mais importante e fundamental de todas. Um blog que deseja marcar presença e tornar-se referência no nicho precisa inevitavelmente de um nome que identifique-o perante todos os outros.
Perceba que quando falamos de tecnologia, lembramo-nos do Techtudo, por exemplo. Assim como quando falamos de hospedagem, relacionamos tal segmento com a Hostgator.
Estes domínios simplesmente marcaram presença na internet e fora dela, fazendo com que não haja dúvidas quando alguém conversa sobre ambas.

 SEJA BREVE

Domínio é domínio. Slogan é slogan. Tenha isso em mente antes de tomar qualquer ação! Nomes longos não dão certo. Nossa recomendação é de que não passe de 3 palavras! Quanto maior o nome, mais feio fica e mais difícil de ser lembrado.
Além disso, não fica marcante um nome tão grande, concorda?
Perceba que os grandes sites têm domínios curtos: UOL, Terra, G1, entre outros. Então, não queira criar moda; fique com o que é certo e funciona muito bem. Desta maneira, evitará frustrações!
 PENSE NA TERMINAÇÃO
Outro ponto importante e fundamental que passa pelo ponto de como escolher um bom nome de domínio para um blog é a sua terminação. Chamada de TLD, ela se refere ao que vem depois do nome, ou seja: .com, .com.br, .net, entre outros.
Existem dezenas de terminações brasileiras disponíveis, além das internacionais que nós também podemos ter acesso. Todavia, nem todas são interessantes de serem utilizadas! Por exemplo, ter um blog sobre cachorros e registrar com final art.br não combina.
Você tem duas opções, que de acordo com o Rei da Renda, são interessantes:
  • Apostar no famoso, ou seja, ficar sempre no .com, .com.br, .net e .org! Assim, você estará com aquilo que funciona muito bem e todos conhecem. Este é o maior ponto positivo: os visitantes se confundem menos! O primeiro domínio que vem a nossa mente é .com.br, logo, é o primeiro que testamos.
  • Combinar com o assunto, ou seja, pegar terminações que façam referência ao nicho. Um exemplo é o art.br, que foi criado para a arte, então se você tiver um deste assunto, pode se beneficiar desta “exclusividade”, deixando seu blog com um ar mais “artístico”.

 NÃO COPIE NOMES JÁ EXISTENTES

Querer se aproveitar da fama de outro blog e criar o seu com o nome igual não o ajudará em nada! Não pense em criar um parecido também, pois as chances de alcançar o fracasso são bem mais altas.
Vale lembrar que as marcas têm direito sobre a utilização do nome, logo, você não pode, legalmente, entrar na mesma onda, ou seja, abrir um blog “coca-cola.art.br” para se passar pela empresa ou para alavancar seu projeto.
Seja original, pense grande e, acima de tudo, preze pelo o que é correto!

 EVITE DAR MARGEM A DÚVIDAS

Não coloque no domínio palavras ou quaisquer outros artifícios que deem margem para dúvidas. Por exemplo, quando uma pessoa diz que o seu nome é “Michele”. Logo, perguntamos se é “Michelle”, “Michelly”, “Michele”, “Michely”… No entanto, com blogs, nenhum visitante terá como saber qual deles é o verdadeiro.
Então, tome bastante cuidado quanto a isso. Antes de dar o nome ao blog, e colocar no domínio, pense se não terá problemas quanto às confusões!

 NÃO SE PREOCUPE COM PALAVRA-CHAVE

Antigamente, ter a palavra-chave exata no domínio era muito importante para se destacar perante os concorrentes. Por exemplo, um blog com a palavra “dinheiro” tinha larga vantagem sobre aqueles que não os tinha.
Hoje, não é bem assim! Basta ver que “Rei da Renda” não tem palavra-chave tão buscada, mas mesmo assim é destaque no nicho. A dica é: pense no que achar legal; akeyword não é tão importante!

 HARMONIZE COM SEU BLOG

Por fim, o seu domínio deve estar estritamente relacionado ao estilo do seu blog. Ele é para qual público-alvo? Qual a linha editorial? Sobre o que falam? Tenha tudo isso muito bem claro e entendido para não dar nomes que não condigam com o projeto.
Tente imaginar, também, como será o logo e o slogan do blog a partir do nome, e se tudo fica bem bonito e harmônico.

5 cuidados para ter uma pele jovem e bonita

1º Proteja a pele da luz solar

Use filtro solar sempre que sair de casa e não apenas quando vai à praia. A ação dos raios ultravioleta provoca profundas modificações cutâneas, envelhecendo a pele.

2º Mantenha a pele limpa

Utilize emulsões cremosas, leites de limpeza ou sabonetes líquidos. As peles secas não devem ser limpas com sabonete. Para as peles oleosas, o melhor é usar soluções de limpeza não oleosas. Sem resíduos, a pele respirará melhor. O limite máximo para limpeza é de três vezes ao dia.

3º Hidrate sempre a pele

Uma pele hidratada mantêm uma camada natural de proteção. Mesmo as peles oleosas precisam ser hidratadas, pois também perdem água, sendo os melhores hidratantes os não oleosos. Para as peles sensíveis, evite produtos com álcool.

4º Cuide bem do intestino

Adote uma dieta pobre em gorduras e rica em fibras e alimentos naturais porque isso evita a prisão-de-ventre e outros problemas que podem afetar o intestino e, consequentemente, a pele. Inclua também lactobacilos na alimentação diária, como o iogurte e o yakult pois eles beneficiam a flora intestinal.

5º Esfoliar a pele para acelerar a renovação celular

Este processo ajuda na retirada da sujeira e das células mortas da pele, além de estimular a produção de colágeno e melhorar a circulação local, reduzindo as manchas da pele. Os esfoliantes devem ser usados uma vez por semana.
Seguir estes cuidados é importante para que a pele do rosto esteja saudável e bonita, livre de marcas e imperfeições.

Melhor forma de consumir iodo sem cometer excessos

É comum a um País que tem uma extensa faixa litorânea, e uma área maior ainda longe do mar, alguns impasses constantes. No ano passado, pela terceira vez em menos de 15 anos, a resolução que define o teor de iodo no sal de cozinha foi revisto pela Anvisa, dividindo a opinião de pesquisadores e profissionais de saúde. A nova regra alterou a faixa de 20 a 60mg da substância por quilo do produto para 15 a 45mg/kg.

A problemática em torno da nova legislação gira em torno do seguinte fato: o baixo e o excessivo consumos do iodo causam disfunções na glândula tireoide, que produz hormônios reguladores do metabolismo. Quando insuficiente, pode levar a algumas doenças como a surdo-mudez e anomalias congênitas em crianças, e se demasiado, a inflamações transitórias na tireoide. “Acontece que a população que mora próximo ao mar já ingere esse iodo pelo ar, enquanto a que vive mais distante só tem acesso pelo sal. Regular a dosagem em um padrão nacional é um grande desafio”, explica a endocrinologista Isabel Oliveira, do Hospital Santa Joana.

A carência da substância desenvolveu, por muito tempo, uma doença chamada botio (aumento de volume da tireoide, popularmente conhecida como papeira) na população que vivia longe do mar. A partir da adoção da medida do sal iodado, nos anos 1950, pelo Ministério da Saúde, foi registrada uma queda significativa nos casos da patologia de 20,7% (em 1955) para 1,4% (em 2000).
“Acontece que tudo o que vem do mar já é iodado, como peixes, crustáceos e moluscos. E isso se dá ao tempo em que as pessoas consomem muito sal, o que não só eleva a quantidade de iodo mas também causa hipertensão”, frisa a endocrinologista, lembrando que o mais eficaz seria reduzir o consumo de sal para manter tanto a saúde do coração quanto a da tireoide em dia.
Saiba mais
Por que o iodo? - O iodo é peça fundamental na ação enzimática da formação dos hormônios da tireoide. Alterações de sua dosagem no corpo comprometem o sistema endócrino
Gestantes - Segundo dados da Sociedade Brasileira Endocrinologia e Metabologia, metade das gestantes já tem déficit de iodo, o que pode aumentar o risco de parto prematuro, abortos e anomalias
Serviço
Isabel Oliveira é médica endocrinologista do Hospital Santa Joana
Informações: 3216.6666

União Europeia vota neutralidade da rede nesta semana


Nesta semana legisladores europeus votarão se a neutralidade da rede deve ser aplicada a 28 países que compõem a União Europeia, trilhando caminho semelhante ao que se busca no Brasil com o Marco Civil da Internet.
Instituindo a neutralidade, os governos desses países passam a proibir fornecedoras de internet de cobrar pelo conteúdo a ser acessado por seus clientes. Todo o tráfego deve ser tratado de forma igualitária
A votação, segundo a Reuters, ocorrerá ao meio-dia da quinta-feira, 3, sob pressão das empresas de telefonia, que podem ver uma importante fonte de renda ser eliminada.

Do outro lado estão ativistas que clamam aos legisladores que assinem a neutralidade para impedir que as operadoras criem dois níveis de internet: um para quem pode pagar para ter os melhores serviços, outra para quem será limitado ao acesso básico.
Para passar, a proposta deve ser aceita pelos 28 governos, sendo que atualmente apenas Eslovênia e Holanda já têm a neutralidade imposta.





Microsoft promete não vasculhar mais e-mails de usuários


 Na última semana, a Microsoft se envolveu em uma polêmica. Para investigar o vazamento de uma cópia do Windows 8, ela vasculhou os e-mails de um usuário do Hotmail para encontrar as provas necessárias para prender o funcionário responsável pelo vazamento. Agora, a empresa promete que não fará mais isso.

Em comunicado no blog oficial da empresa, o responsável por assuntos jurídicos Brad Smith, afirma que a partir de agora, quando a Microsoft identificar que alguma propriedade intelectual sua está em risco, tomará medidas diferentes.
Anteriormente, os termos de uso do Hotmail e do Outlook.com permitiam que a empresa vasculhasse dados pessoais de usuários caso identificasse possíveis riscos à sua propriedade. Agora, a Microsoft promete entregar o material para a polícia para deixar a ação seguir seu curso.

O comunicado vai além do que a empresa já havia revelado anteriormente, que mudaria sua política para vasculhar e-mails apenas com um mandado conseguido nos tribunais.
Na ocasião, a Microsoft acabou perdendo muito da confiança do público, já que a empresa olhou e-mails alheios sem um mandado, mesmo que as políticas de privacidade do Outlook.com protejam a Microsoft. O contrato, que a maioria dos usuários aceita sem ler, dizia que isso é permitido. “Nós podemos acessar informações sobre você, incluindo o conteúdo das comunicações para proteger os direitos ou propriedades da Microsoft”, dizia o texto, que agora deve ser mudado.

Na época, em comunicado enviado à CNET, a Microsoft dizia que, sim, os termos realmente davam permissão para este tipo de acesso à conta do usuário, mas que isso “só acontecia em circunstâncias excepcionais”, e que hava um processo rigoroso antes de tomar qualquer medida parecida. No caso específico do blogueiro que teve os e-mails vasculhados, a Microsoft diz que havia “evidências fortes” de que atividades criminais seriam conduzidas com o material presente em sua conta.




Google estaria forçando fabricantes a reforçar marca "Android"


A mídia internacional notou algo interessante sobre o Galaxy S5. Ao ligar o aparelho, além da marca "Samsung", a tela de splash também mostra, em letras garrafais e amigáveis as palavras "Powered by Android". O novo HTC One também traz as mesmas frases. Aparentemente, o Google está forçando as fabricantes a incluirem a mensagem em seus smartphones.

Tudo começou com uma suspeita no anúncio do S5. Na ocasião, a especulação era de uma discussão entre o Google e a Samsung sobre as modificações feitas pela coreana, mas o site Geek informa que agora o procedimento será padrão para todas as empresas, e a HTC já mostra estar acatando à obrigação.

O Android é um sistema operacional livre, com código aberto. Isso significa que o Google não pode impedir que outras companhias o utilizem como preferirem em seus aparelhos, como a Nokia fez no Nokia X, alterando completamente sua interface. Entretanto, os serviços oferecidos pela empresa não são livres. Para usar o Gmail, Google Maps, Google+ e, principalmente, o Google Play, é necessário acatar às exigências do Google.

É por isso que quem quiser continuar confiando no Android para fazer funcionar seus smartphones e tablets precisam atender aos caprichos do gigante das buscas, a menos que tenham na manga outras ferramentas alternativas.

A medida parece ter sido tomada por que as fabricantes estavam se desviando muito do que o Google imagina para o Android, o que enfraquece a marca. Com a exigência, as empresas não precisam falar o nome do sistema, como a Samsung não fez na apresentação do S5, já que a palavra "Android" fica bem clara já quando o celular liga.



Olhar Digital

iPhone 6 será lançado em setembro

Vendas do 5C foram abaixo da expectativa
O iPhone 6 chega em setembro e em duas versões: uma com tela de 4,7 polegadas e outra com display de 5,5. A mudança na sexta geração do smartphone da Apple deve-se, possivelmente, a perda de participação no mercado para as concorrentes, como a Samsung. As informações são da agência japonesa de notícias Nikkei.


Ainda de acordo com a publicação, componentes para os modelos, como leitores de impressão digital, já estão sendo fabricados pelos fornecedores da Apple. A tela de cristal líquido, fornecidas por empresas como Sharp, Japan Display e LG Eletronics, deve entrar em produção em massa somente em abril.
Os últimos aparelhos apresentados pela Apple do iPhone foram os 5C e 5C. No começo de março, a empresa ainda tinha três milhões em estoque da versão colorida do smartphone e passou a comercializar uma versão mais barata, com somente 8GB de armazenamento, no mesmo mês.




Juros vão a 11% e devem subir mais

Com a inflação voltando a atormentar os brasileiros, não restará outra alternativa ao Banco Central. Na próxima quarta-feira (2), o Comitê de Política Monetária (Copom) voltará a elevar a taxa básica de juros (Selic). A expectativa, quase unânime no mercado financeiro, é de que a alta seja de 0,25 ponto percentual, dos atuais 10,75% para 11% ao ano. Será o nono aumento consecutivo, processo iniciado em abril de 2013.
 
Até o meio da semana passada, o consenso entre os economistas era de que, após esse aumento, o BC encerraria o aperto monetário. Mas, diante da disseminação da carestia, puxada pelos alimentos, e do reconhecimento público da autoridade monetária de que o custo de vida neste ano ficará muito próximo do teto da meta definida pelo governo, de 6,5%, vários especialistas já preveem pelo menos duas altas adicionais da Selic, ambas de 0,25 ponto, com a taxa atingindo 11,50%. Ou seja, o fim do arrocho nos juros só acabará em julho, quando a campanha eleitoral estará a pleno vapor.

Para os analistas, os números da inflação são assustadores, sobretudo se considerado que o BC já elevou a Selic em 3,5 pontos. Pelas teorias econômicas, era para a carestia ter desabado. O problema é que o país foi tomado por uma onda de desconfiança, motivada pela leniência do governo no combate aos reajustes disseminados, acreditando que conseguiria incrementar o crescimento econômico. O que se viu, contudo, foi o contrário: o ritmo de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) diminuiu e o poder de compra das famílias encolheu.

Serviços
A inflação renitente é visível, sobretudo nos preços dos serviços, com reajustes médio de 9% no acumulado de 12 meses. Esse, por sinal, é um dos motivos que leva André Perfeito, economista-chefe da Gradual Investimentos, a defender um aperto monetário mais prolongado. “Considerando a persistência da inflação no curto prazo e o aumento dos riscos de contaminação das expectativas futuras, seria sábio se o BC desse sinais de austeridade, elevando os juros a 11,50% ao ano em três doses de 0,25 ponto, incluindo a alta desta semana”, diz.

Há ainda no horizonte o perigo do represamento dos preços administrados, pois diminuiu o espaço para o governo segurar os reajustes da gasolina, da energia elétrica e das tarifas de transporte urbano. “O BC colocou o dedo na ferida, ao admitir o impacto negativo da contenção dos preços administrados nas expectativas de inflação. Portanto, apesar do estado fraco da economia, o correto seria elevar os juros ainda mais”, analisa Tony Volpon, economista-chefe para América Latina da Nomura Securities. Ele aposta em duas altas de 0,25 ponto, com a Selic atingindo 11,25% ao ano.

Na avaliação do economista-chefe do Espírito Santo Investment Bank, Jakiel Santos, a ameaça de a inflação romper o teto da meta, por si só, já justifica a necessidade de duas altas seguidas nos juros. “O quadro continua muito ruim, não há nenhum sinal de alívio no horizonte, e os preços dos alimentos, que deram uma trégua no fim do ano passado, voltaram a subir. É preocupante. Tanto que, para 2015, prevemos juros de 12,50% ao ano”, afirma.

Saiba como trabalhar na Fiat

Fiat vai ocupar área de 14 milhões de m² em Goiana, Mata Norte / Divulgação

Fiat vai ocupar área de 14 milhões de m² em Goiana, Mata Norte

Divulgação

A Fiat Chrysler intensificou seu processo direto de seleção de pessoal com o objetivo de alcançar 850 contratações só este ano. Os empregos são para a fase operacional, quando a fábrica de automóveis de fato começar a funcionar. Estão abertas 90 oportunidades para 47 funções diferentes, de nível médio, técnico e superior, como vagas para controlador de estoque, mecânico de autos, reparador de equipamentos e enfermeiro do trabalho.

Os interessados podem conferir as oportunidades e encaminhar seus currículos pelo site oficial da Fiat, o www.fiat.com.br. As vagas são destaque no site, mas também disponíveis através do menu – é preciso selecionar primeiro “mundo Fiat” e depois o link “trabalhe conosco”.
No site, a Fiat Chrysler sintetiza as principais informações sobre seu investimento em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, a começar pelo porte do terreno e a localização do empreendimento.
São 14 milhões de metros quadrados, a 62 quilômetros do Recife e a 52 km de João Pessoa, onde serão implantados, além da montadora, um parque de fornecedores com 16 outras fábricas, além de centro de treinamento, centro de pesquisa e desenvolvimento, pista de testes e um campo de provas.
Somando a Fiat em si e os fornecedores, são mais de R$ 7 bilhões em investimentos, para uma produção com capacidade para 200 mil veículos por ano. Para alcançar essa produção, todo o polo automotivo precisa de 8 mil pessoas.
A Fiat iniciou as contratações ano passado e fechou 2013 com 350 funcionários. Até o final deste mês, mais 50 pessoas terão sido selecionadas. O objetivo é fechar o ano com 850 contratações e empregar mais 2 mil pessoas em 2014.
O site traz as oportunidades, as atribuições de cada vaga e os pré-requisitos.
FORMAÇÃO
Para os analistas de finanças, por exemplo, é necessária graduação completa em administração, contabilidade ou economia, sendo ainda desejável pós-graduação ou MBA em gestão de projetos, além de cursos como office, MS project e inglês intermediário ou avançado, entre outros.
Para a vaga de ferramenteiro, é necessário curso técnico de mecânica, usinagem ou soldagem, bem como experiência em oficinas mecânicas.
Se o interessado estiver de olho na função de preparador de prova, basta ter o ensino médio completo, sendo desejável curso técnico em mecânica ou elétrica, conhecimento de sistemas que compõem um automóvel, disponibilidade para trabalhar um turno e carteira de habilitação – no mínimo categoria “B” (de carros de passeio, de forma geral) e desejável categoria “D” (a de transporte de passageiros).
O próprio site tem a opção para seleção das vagas de maior interesse, pelo candidato, e o envio de currículo.
Cada inscrito recebe login e senha para acompanhamento de sua inscrição. Quem quiser pode até usar um mecanismo que permite pelo próprio site indicar a vaga para um amigo.
A Fiat começará a produzir em Goiana um novo SUV compacto da marca Jeep, o Renegade, apresentado oficialmente no Salão de Genebra, no último dia 4. Ele vai entrar no mercado para disputar espaço, por exemplo, com o Ford EcoSport. Inicialmente, o carro será vendido para o mercado interno, mas a Fiat não descarta exportar parte de usa produção.
Analista de Controladoria
Analista de Controle e Gestão
Analista de Engenharia do Produto (Experimentação)
Analista de Engenharia do Produto (Manutenção)
Analista de Engenharia do Produto Sênior
Analista de Finanças
Analista de Manufatura (Manutenção Industrial)
Analista de Manufatura (Meio Ambiente)
Analista de Manufatura Sênior (Analista de Logística)
Especialista em Autodiagnose (Engenharia)
Especialista em Software (Engenheiro de Testes)
Líder de Produção
Supervisor de Manufatura (Logística)
Analista de Análises - Testes Estáticos
Analista de Análises e Testes Dinâmicos
Analista de Análises Estruturais
Analista de Crash Test
Analista de Eletrônica Embarcada
Analista de Engenharia do Produto
Analista de Engenharia do Produto (Compras)
Analista de Engenharia do Produto (Calibração)
Analista de Engenharia do Produto (Campo de Provas)
Analista de Engenharia do Produto (Engenharia Experimental)
Analista de Engenharia do Produto (Motores)
Analista de Engenharia do Produto Sênior
Analista de Manufatura (Especialista em Construção Civil)
Analista de Manufatura (Engenheiro Mecânico)
Analista de Manufatura (Logística)
Analista de Manufatura (Meio Ambiente)
Analista de Manufatura (Processo Industrial)
Analista de Manufatura Industrial (Engenharia)
Analista de Recursos Humanos
Analista de Simulação Virtual
Bombeiro
Condutor Processo Qualidade - CPQ
Conformador de Protótipos.
Controlador de Estoque
Coordenador de Controle e Gestão
Coordenador de Grupo de Projetos
Coordenador de Recursos Humanos
Coordenador de Segurança do Trabalho
Enfermeiro do Trabalho
Especialista em Controle e Gestão
Especialista em Análise de Falhas em Sistemas Embarcados
Especialista em Engenharia do Produto (Calibração)
Especialista Manufatura (Logística)
Executor de Processo Automatizado (Manutenção Industrial)
Experimentador
Ferramenteiro
Inspetor de Provas Experimental
Instrumentador
Laboratorista - Polímeros
Líder de Manutenção Industrial
Líder de Equipe Qualidade
Líder de Segurança
Mecânico de Autos
Médico do Trabalho
Operador de Linha de Produção
Operador Logístico
Planificador
Preparador de Prova
Reparador de Equipamentos (Manutenção Industrial)
Reparador de Veículo Experimental - Eletricista
Reparador de Veículo Experimental - Mecânico
Responsável de Segurança, Saúde e Meio Ambiente
Responsável Oficina
Responsável Oficina
Responsável por Operação Industrial (Líder de Equipe)
Segurança Patrimonial
Supervisor de Desenvolvimento do Produto
Técnico de Segurança do Trabalho
Verificador de Qualidad

Após pesquisa, campanha contra estupro chega a 42 mil adesões na internet

O estudo que motivou a manifestação na internet apontou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que
O estudo que motivou a manifestação na internet apontou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que "mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas". Foto: Facebook/Reprodução
A campanha #eunãomerecoserestuprada, reação ao resultado da pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que mostrou o quanto o Brasil ainda é machista, já conta com a adesão de mais de 42 mil usuários na internet. Em uma rede social, a página do evento tem 251 mil pessoas debatendo o tema. Portais internacionais de notícia deram destaque, na manhã de domingo, ao protesto virtual. O estudo que motivou a manifestação na internet apontou que 65,1% da população concorda total ou parcialmente que "mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas". Ontem, a atriz Alinne Moraes e a cantora de funk Valesca Popozuda aderiram à campanha pelas redes sociais.
No sábado, organizadores da campanha foram até a Delegacia da Mulher e denunciaram usuários que postaram ameaças na página do evento em uma rede social. Um investigador, especializado em crimes cibernéticos, já trabalha para tentar identificar os agressores. A estimativa é de que mais de 100 pessoas possam ser responsabilizadas pelas ameaças.
A jornalista Nana Queiroz, 28 anos, publicou na internet um texto com imagem de um dos agressores que segurava um cartaz com os dizeres "#eu já estuprei e estupro de novo". A Polícia Civil vai priorizar a identificação de quem postou ameaças diretas aos organizadores da campanha.
"Ficamos na delegacia de 15h às 19h. Se o Marco Civil da internet já tivesse sido aprovado, esses agressores seriam responsabilizados com muito mais agilidade. São centenas de pessoas. O delegado nos informou que todo o processo de identificação, caso a caso, pode demorar seis meses. Estamos encaminhando os mais chocantes", declarou Nana.
Alerta
Os organizadores estão orientando os usuários a copiar os posts com agressões e ameaças para facilitar o envio à Delegacia da Mulher."Mesmo que o perfil seja falso, os investigadores conseguem rastrear o ID da pessoa e podem prendê-la em seguida por incitação ao estupro, que é crime no Brasil. Se esse protesto servir para colocar um bando de estupradores potenciais atrás das grades, já somos vitoriosas", alerta a campanha.
"O delegado nos informou que todo o processo de identificação (dos autores de ameaças às organizadoras), caso a caso, pode demorar seis meses. Estamos encaminhando os mais chocantes", Nana Queiroz, organizadora do #eunãomereçoserestuprada

Homem mata filho de quatro meses esganado

Mais um caso brutal de violência contra a criança em Pernambuco. Um bebê de quatro meses foi esganado pelo pai no município de Lagoa de Itaenga, na Mata Norte do estado. O bebê chegou a ser socorrido para o Hospital da Restauração (HR), mas não resistiu. A polícia está à procura do suspeito, que fugiu após o crime.

Em Verdejante, Sertão de Pernambuco, outro homem, identicado como Jucelino Alves da Silva, de 55 anos, ateou fogo na residência onde morava a ex-esposa Antonia Pereira dos Santos, 33, e o filho Pedro Henrique dos Santos, de 1 ano e 8 meses. A criança não resistiu às queimaduras e morreu a caminho do HR, no Recife. A mulher, ferida, foi levada para o Hospital de Salgueiro, também no Sertão.

De acordo com informações da Polícia Civil do município, o suspeito estaria inconformado com a separação do casal. Jucelino também se queimou e está no Hospital de Juazeiro, na Bahia, sob custódia policial.

Objetos no Oceano Índico são equipamentos de pesca

 / Foto: AFP

Foto: AFP

O conjunto de objetos laranjas encontrados na semana passada e que seriam possíveis destroços do avião da Malaysia Airlines desaparecido há três semanas são apenas equipamentos de pesca. A revelação foi feita nesta manhã pelas autoridades australianas que estavam analisando o material recolhido ontem no mar. Em coletiva de imprensa, o porta-voz da Autoridade de Segurança Marítima, Jesse Platts, explicou que "nenhum pedaço dos objetos tem relação com o MH370".

A notícia frustra novamente as buscas pelo Boeing 777, que fazia a rota entre Kuala Lumpur e Pequim e desapareceu no dia 8 de março, com 239 pessoas a bordo.
O primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbot, reconheceu que as buscas foram muito complexas, mas disse que os investigadores chegaram "muito, muito próximo" de qualquer ponto onde o avião teria caído. Na quarta-feira, o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, planeja viajar para a região de Pert e acompanhas as investigações de perto.
As buscas pelo MH370 foram intensificadas ao longo dos últimos dias depois que os investigadores conseguiram um conjunto limitado de informações e dados por meio de radares e satélites. A área de pesquisa foi reduzida e agora está focada no Oeste da Austrália.
"Essa é um exercício extraordinariamente difícil. Nós estamos procurando em uma vasta área do oceano e trabalhando com poucas informações". Otimista, o ministro disse que "se este é um mistério com solução, nós vamos resolvê-lo".
Dez aviões e outros 11 navios continuam vasculhando a região de buscas, a cerca de 1,8 mil quilômetros da Austrália. Cerca de 100 oficiais da aeronáutica e mil da marinha australiana estão envolvidos nos trabalhos. O governo da Austrália descarta um prazo limite para terminar com as pesquisas.

Semifinal do Campeonato Pernambucano terá dois confrontos inéditos desde 2010

Serão duas semifinais inéditas na história do Pernambucano. Desde quando o atual modelo do campeonato foi implantado, em 2010, nunca se viu tais cruzamentos. O confronto entre Santa Cruz e Sport, finalistas nos últimos três anos, acabou sendo antecipado. O clássico, porém, não é mais nenhuma novidade na temporada. Tricolores e rubro-negros se encontraram já quatro vezes em 2014, em apenas 20 dias do mês de março. Também duelando pela primeira vez em um jogo que vale vaga na decisão estão Salgueiro e Náutico. O Timbu, por sinal, nunca havia enfrentado um time intermediário nas semis. O Carcará vai ter a chance de fazer um clube do interior pela primeira vez finalista.

A missão do Leão é chegar à 5ª final seguida. É o único que sempre decidiu a competição desde 2010, quando começou a ser disputada a semifinal.

Para o Santa Cruz, dois pesos: o de tentar o tetracampeonato e o de ganhar o título do ano do centenário coral.

O Náutico, por fim, precisa encerrar dois tabus: o de nove anos sem títulos e o de o primeiro colocado no hexagonal perder o título, o que aconteceu nos últimos três anos.

Saiba como foi a gravação do primeiro álbum da Chico Science & Nação Zumbi

Comemorando 20 anos de lançando neste mês de abril, álbum é considerado um clássico da música brasileira
A banda usava a geografia da cidade como inspiração. Crédito: Fred Jordão/ Arquivo DP
A banda usava a geografia da cidade como inspiração. Crédito: Fred Jordão/ Arquivo DP

O produtor paulista Pena Schmidt foi pioneiro em enxergar o potencial da Chico Science & Nação Zumbi. O contrato da sua pequena gravadora, a Tinnitus, foi o primeiro a chegar nas mãos de Francisco de Assis França (1966-1997). Certamente, ele não sabia que os cerca de 15 músicos que subiam aos palcos improvisados no Recife e em Olinda gestavam a que seria uma das maiores bandas da música brasileira. E que o álbum que tentava bancar seria considerado, décadas depois pelos críticos da revista Rolling Stone Brasil, um dos 100 mais importantes da história, na 13ª posição.

A Tinnitus não fechou com a CSNZ. Enquanto pesava prós e contras, a banda recebeu um contrato de R$ 40 mil pelo selo Chaos, da Sony Music. E semanas depois, em outubro de 1993, começava a criação de Da lama ao caos - que completa 20 anos de lançado neste mês de abril. A troca de assinaturas com a gravadora garantiu um adiantamento em dinheiro importante. Foi com ele que o guitarrista Lúcio Maia e o contrabaixista Dengue compraram os primeiros bons instrumentos. E não foi a única mudança.

A Nação Zumbi que, a cada show, tinha um músico diferente do Lamento Negro, grupo de Peixinhos, em Olinda, foi reduzida à primeira formação oficial: Jorge Du Peixe, Gilmar Bola 8 e Gira, nas alfaias, Canhoto, no caixa, e Toca Ogan, na percussão. Liderada por Chico, a banda hospedou-se em um apartamento em Copacabana, no Rio de Janeiro, e encarou - por um mês - uma rotina de 12 horas, de segunda a sábado, no estúdio Nas Nuvens.




 (Facebook/Reprodução)O produtor dos sonhos da CSNZ era o guitarrista norte-americano Arto Lindsay, mas a Sony escalou o contrabaixista Liminha, dos Mutantes, dono do Nas Nuvens. “Arto representava a cultura pop e conhecia bem o linguajar de Pernambuco, por ter morado em Garanhuns. Mas Liminha acrescentou o que Arto não poderia, pela experiência em estúdio. Soube tirar leite de pedra”, opina Dengue.

“Eles chegaram verdes, mas muito compenetrados”, lembra Liminha. “Era um som diferente, deu muito trabalho. Quando fui masterizar o álbum, em Los Angeles, o engenheiro de som sentiu falta da bateria, mas esse era um diferencial”, conta o produtor. Apesar da inexperiência e de contratempos, como Lúcio ter contraído caxumba durante as gravações, o clima no estúdio era leve.

Seis meses depois, em 9 de abril de 1994, a banda apresentava o disco na segunda edição do Abril Pro Rock. “A Sony Music veio em peso e distribuímos LPs e CDs para o público. Na segunda-feira após o festival, embarcamos para o Sudeste para participar de programas de TV, de Faustão a Jô Soares”, acrescenta o produtor Paulo André Pires, empresário da banda à época. E nessa viagem, ao apresentar as 14 faixas de Da lama ao caos, Chico Science & Nação Zumbi sacramentou o Manguebeat e começou a “desorganizar” a música brasileira. 



Como foi o primeiro contato com a banda?
O pessoal da Sony me falou da CSNZ. Disseram que tinha um som interessante e me mandaram uma fita. Ouvi e gostei, embora fosse mal gravada. A primeira impressão foi a de que Chico fazia algo paralelo ao álbum Selvagem (1986), de Os Paralamas do Sucesso. Hebert assumiu toda a brasilidade ali, com uma junção de rock inglês e ritmos daqui. Chico veio para desencadear isso com mais força.

Foi um desafio produzir o álbum?
A ideia era muito boa, o conteúdo também. Mas eles não tinham experiência de estúdio. Era uma pedra bruta a ser polida. Por outro lado, eram muito compenetrados e profissionais. Deram o sangue para fazer o disco. E cresceram na gravação. Estou certo disso. O problema é que, quando você os via ao vivo, os tambores e os gestos tornavam tudo muito maior do que realmente era. Minha missão foi fazer aquilo tocar direito em um caixa de som menor.

E como você lidou com as críticas pós-lançamento?
Diziam que o disco era menor. Ao vivo, a banda era maior. Mas aí é que está. Não tinham imagens para dividir a atenção. Quando conversei com Alexandre Kassin (produtor do novo e sexto álbum de estúdio da Nação, após a morte de Chico), ele disse “os tambores não têm som”. Porra! Ainda bem que alguém percebeu. Tive a maior dificuldade para tirar som daquilo. Não tinham grave, mas gostei do resultado. Tenho o maior orgulho de ter trabalhado com Chico. Para mim, ele está no mesmo patamar de Gilberto Gil, Titãs. O CD está no meu cartão de visita.

Celebração
A Sony Music não vai relançar Da lama ao caos, mas a banda - que represnta o Brasil no Lollapalooza - fará shows comemorativos em São Paulo. 


Turistas brasileiros fazem economia de Miami crescer o dobro do Brasil

Enquanto o Brasil se debate para sair do atoleiro e registrar níveis mais elevados de crescimento — a perspectiva é de que o Produto Interno Bruto (PIB) avance entre 1,5% e 1,7% em 2014 —, a economia de Miami caminha a passos largos para consolidar mais um ano de incremento expressivo, de até 3,5%. E, para alegria dos norte-americanos, são os brasileiros que estão deixando de gastar no país de origem para impulsionar o consumo e a produção na cidade encravada no sul da Flórida.

Com o bolso cheio e disposição para consumir, os brasileiros lideram a lista de gastos em Miami. Seja em roupas e em eletrônicos, seja em imóveis, eles não economizam, estimulados por preços muito menores do que os encontrados no Brasil. E, melhor, levando para casa produtos de qualidade. O entusiasmo cresce à medida que a renda se eleva. Há brasileiros gastando mais de R$ 30 milhões por apartamentos de 1,6 mil metros quadrados, nos quais o morador pode chegar à porta de casa de carro. Há elevadores disponíveis para carregar os veículos. Nesses casos, mais do que os preços, o que pesa na decisão de compra dos imóveis é o baixíssimo nível de violência da cidade.

Nem mesmo a alta do dólar conteve o ímpeto de consumo dos turistas, que, apenas em 2012, despejaram R$ 3,6 bilhões (US$ 1,4 bilhão) em Miami — os números consolidados do ano passado ainda não foram fechados. A paixão dos brasileiros pela cidade norte-americana não vem de agora. Mas foi a partir da crise de 2008, quando a economia norte-americana foi para o buraco e os preços de tudo desabaram, especialmente os de imóveis, que a invasão tupiniquim se intensificou.

Pelas contas do Greater Miami Convention & Visitors Bureau, em 2013, os turistas brasileiros ocuparam o topo do ranking de visitantes. Foram 755 mil pessoas com passaporte verde-amarelo, deixando para trás viajantes do Canadá, da Argentina e da Venezuela. Em relação a 2012, houve incremento de 9,5%. Ante 2011, o salto foi de quase 20%. A média de gastos de cada visitante brasileiro varia, por dia, em torno de US$ 284, cerca de R$ 700.



Ads Inside Post