quinta-feira, 1 de outubro de 2015

OPINIÃO: O estupro nosso de cada dia e como a Câmara retrocede nas discussões sobre aborto


Abominável é o termo mais delicado que podemos pensar para qualificar um estupro. A palavra, a ideia e o ato são de tamanha violência para uma mulher que não há como descrever a angústia que causa. Ainda mais abominável pode ser o ato de dificultar o atendimento hospitalar para uma mulher que acabara de ser violentada. É mais um absurdo que o ilustríssimo presidente da Câmara de Deputados Federais, Eduardo Cunha (PMDB/RJ) quer cometer com a implementação do projeto que se aprovado substituirá a Lei 5.069/2013.





Saiba mais aqui.




















Ads Inside Post