sexta-feira, 23 de outubro de 2015

TCE condena contratação de advogados pelo padre Marcos ex-prefeito de Ibimirim


A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado julgou irregular na sessão desta quinta-feira (22) o objeto de uma Auditoria Especial (processo nº 1370322-5) realizada na Prefeitura de Ibimirim para apurar denúncias de irregularidades na contratação de serviços advocatícios para fazer compensações previdenciárias.

De acordo com Auditoria de Acompanhamento realizada na Prefeitura, o então prefeito Antônio Marcos Alexandre, Padre Marcos, contratou o escritório Moacir Guimarães Advogados Associados para pleitear junto à Receita Federal e ao INSS supostos créditos devidos ao Município.






Saiba mais aqui.




























Ads Inside Post