sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Curso incentiva propagação de sementes crioulas


A Fetape, por meio de sua Diretoria de Política Agrícola, promove, nesta quinta-feira (19) até sábado, em Serra Talhada, no Sertão Central, o Curso para Agentes de  Desenvolvimento Territorial em Valorização e Propagação de Sementes Crioulas. A atividade, que é realizada a partir do Contrato de Repasse 332.075-15/2010/CAIXA/MDA/CONTAG, tem como objetivo capacitar multiplicadores/as para atuarem junto às comunidades rurais no estímulo ao resgate, valorização e propagação dessas espécies de sementes, que  também são conhecidas como locais, tradicionais e da paixão, entre outras denominações. A iniciativa deverá, ainda, mobilizar as comunidades para a formação de bancos ou casas de sementes.
Para o diretor de Política Agrícola da Fetape, Adimilson Nunis, esse tema é relevante, tendo em vista que foi assinada uma Portaria, durante a 5ª Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional, relativa à criação do Programa Nacional de Sementes e Mudas que, juntamente com a regulamentação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e a implementação do Programa de Regularização Ambiental (PRA) provocarão uma elevação na demanda por sementes e mudas, principalmente as crioulas. Um processo que se articula diretamente com a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO) e suas metas.
"Acreditamos que esse é um passo importante na busca de uma maior independência dos agricultores e agricultora familiar em relação aos insumos externos, que aumentam o custo da produção, agridem e contaminam os solos e as águas, causando mal à saúde das pessoas e dos animais, e comprometendo a sustentabilidade ambiental", reflete Adimilson Nunis.

Devem participar da atividade, que acontecerá no Hotel São Cristovão, no Centro de Serra Talhada, cerca de 35 pessoas, entre dirigentes sindicais, lideranças comunitárias, associados/as dos Sindicatos dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais da Região, além de representantes da Secretaria de Agricultura do Municipio e da Unidade Acadêmica de Serra Talhada/UFRPE. 




Com informações da assessoria.











Ads Inside Post