terça-feira, 24 de novembro de 2015

MPPE consegue condenação da ex-diretora-presidente da Fundarpe por improbidade administrativa



A pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) a Justiça condenou a ex-diretora-presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Luciana Vieira de Azevedo, por ato de improbidade administrativa, consistente na ação dolosa de contratar temporariamente pessoal para o exercício da função pública, de forma ilícita, no exercício financeiro de 2007.






Saiba mais aqui.














































Ads Inside Post