quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Software de urna pode ser alterado


Recentemente, circulou pelo País a notícia de que as urnas eletrônicas não poderiam ser auditadas. Isso, porque, o voto de cada eleitor registrado eletronicamente não pode ser impresso, o que poderia ajudar a fiscalizar eleições. Esse sistema atual de votação eletrônica será debatido pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, 3 de novembro, a partir das 15 horas, no plenário 9. 








Saiba mais aqui.























Ads Inside Post