terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Côrte Real: Igarassu terá vantagens competitivas com futuro distrito industrial


O deputado federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) participou, nesta segunda-feira (14), da apresentação do projeto do futuro distrito industrial que será implantado no município de Igarassu, na Região Metropolitana. Na solenidade, Côrte Real afirmou que o empreendimento vai trazer vantagens competitivas para a cidade e vai colocar Igarassu num novo patamar de desenvolvimento. O polo, que será construído pela iniciativa privada, vai ocupar uma área total com mais de 728 mil metros quadrados, sendo 120 mil metros quadrados de área verde.

“Ninguém vai ter as vantagens competitivas que Igarassu irá ter”, afirmou o deputado federal, em seu discurso. Como presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), Côrte Real colocou o Sistema FIEPE à disposição para capacitar e qualificar a mão de obra local para atender as empresas que vão se instalar no futuro polo industrial. “Nenhuma empresa vai deixar de se instalar aqui por falta de mão de obra capacitada. Na especialização que precisar, nós vamos capacitar”, garantiu o petebista.

Para tanto, Côrte Real realçou que o Senai e a Prefeitura de Igarassu têm um convênio firmado, onde são ofertados cursos de qualificação por meio de unidades móveis. O petebista também antecipou que o município vai receber o Instituto Senai de Tecnologia, um centro de formação técnica voltado para os setores automobilístico e de metal mecânica. “Isso é conhecimento. É agregar valor. É trazer o que tiver de melhor nesses dois segmentos, dando sustentação a tudo isso que estamos vendo hoje”, disse.

Para implantação do futuro distrito industrial, a iniciativa privada vai investir R$ 300 milhões. O polo será dividido em 189 lotes e cada espaço será dotado de água, acesso viário e energia elétrica. O empreendimento vai abrigar uma escola técnica. A previsão é que, durante a construção do distrito, 250 pessoas serão empregadas. Quando estiver em operação, o local vai gerar mais de quatro mil empregos diretos. As obras devem começar em junho de 2016 e terão prazo de 18 meses para conclusão.







Com informações da assessoria.





















Ads Inside Post