quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Hospital das Clínicas se mobiliza para combater o Aedes aegypti


Com o objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti, o Hospital das Clínicas da UFPE tem reunido esforços para eliminar qualquer possível foco do inseto nas dependências da unidade. A Superintendência, o Setor de Hotelaria Hospitalar, o de Infraestrutura Física, a Unidade de Manutenção e o Serviço de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho têm se articulado para que, de forma conjunta, ações sejam realizadas no intuito de evitar e erradicar os focos do Aedes na unidade hospitalar.

Na manhã de ontem (25), membros do Centro de Vigilância em Saúde, vinculado à Prefeitura da Cidade do Recife (PCR), realizaram um mapeamento dos possíveis pontos de proliferação do mosquito no HC, dando orientações para inibir o desenvolvimento das larvas.

Já na última quinta-feira (21), a empresa Imune Saúde Ambiental, que atua no controle de pragas, fez a atomização (um método de controle com aplicação de inseticida) no subsolo da unidade e realizou a sucção de mosquitos no Laboratório de Análises Clínicas, elevadores, Bloco Cirúrgico, UTI e URCC.Vale lembrar que este trabalho de mapeamento e controle do mosquito já é feito há mais de dois anos, sendo realizado uma vez ao mês pelo órgão da PCR e quinzenalmente pela empresa terceirizada.

“É preciso que todos se mobilizem para combater este mosquito, em especial nesta época do ano, período de maior incidência das doenças, quando a atenção deve ser redobrada”, afirmou o superintendente do Hospital das Clínicas da UFPE, Frederico Jorge Ribeiro, ressaltando que é dever da comunidade sempre verificar o adequado armazenamento de água e a eliminação de todos os recipientes sem uso que possam acumular água e virar criadouros do mosquito. “O combate, claro, não deve se restringir à unidade hospitalar. As ações de combate ao mosquito no entorno do hospital são essenciais para o controle das doenças provocadas pelo Aedes”, completa.

Quem suspeitar de algum foco do Aedes aegypti no hospital deve entrar em contato com a Unidade de Manutenção, das 7h às 16h, pelo telefone (81) 2126.3501 para que seja acionada a Imune Saúde Ambiental, que irá tomar as medidas necessárias para eliminar o local que tenha o mosquito.Qualquer suspeita de foco de Aedes deve ser informada à Unidade de Manutenção do HC.

Mais informações
Unidade de Manutenção
(81) 2126.3501







Com informações da assessoria.




























Ads Inside Post