quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

OAB-PE recebe ativista Kailash Satyarthi que luta pelos direitos das crianças e contra a exploração do trabalho infantil


O presidente da OAB-PE, Ronnie Preuss Duarte, recebe nesta sexta-feira (29) às 10h45, a visita do ativista indiano Kailash Satyarthi. Vencedor do prêmio Nobel da Paz em 2014 por lutar pelos direitos das crianças e contra a exploração do trabalho infantil, Kailash está no Recife a convite do juiz do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) Hugo Cavalcanti Melo Filho, para proferir a palestra “Trabalho Infantil no Mundo”.

A OAB-PE sempre esteve atenta ao papel da criança e do adolescente na sociedade. A entidade criou a Comissão em Defesa da Criança e do Adolescente, que atuou nos últimos três anos na Ordem. Em novembro do ano passado, a Comissão realizou seminário para debater os 25 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

“A defesa da criança e do adolescente e o combate à exploração do trabalho infantil é uma pauta sempre atual para ser debatida em nosso país. Muito ainda há de ser feito para que o Brasil coloque em prática os direitos garantidos a eles. É necessário mobilização dos poderes públicos e da sociedade civil para mudar a realidade atual. Garantir uma educação de qualidade e efetiva é o primeiro passo para mudança da realidade que enfrentamos hoje”, lembra Ronnie Duarte.

Satyarthi cumpre outras agendas no Brasil. Já passou por São Paulo (SP) e irá no próximo dia 1º de fevereiro a Brasília (DF), participar da instalação do Fórum Nacional do Poder Judiciário para Monitoramento e Efetividade das Demandas Relacionadas à Exploração do Trabalho em Condições Análogas à de Escravo e ao Tráfico de Pessoas.

Reconhecimento mundial – Kailash Satyarthi tornou-se uma referência mundial no combate à exploração do trabalho de crianças e adolescentes. Nascido em 1954, no interior da Índia, Satyarthi abandonou sua carreira como engenheiro elétrico para lutar contra o trabalho infantil naquele país. Em 1983, fundou a Organização Não Governamental (ONG) Bachpan Bachao Andolan (Movimento para Salvar a Infância). Estima-se que em mais de três décadas de atuação, a Organização já libertou mais de 80 mil menores de diversas formas de servidão, ajudando-os no processo de reabilitação.

O trabalho de Satyarthi já havia sido destacado com várias premiações, como o Prêmio Internacional de Direitos Humanos do Centro Robert F. Kennedy, dos Estados Unidos; o Prêmio Internacional Direitos Humanos Fredric Ebert, da Alemanha; e o Prêmio Internacional Alfonso Comin, da Espanha. O reconhecimento mundial de sua luta foi coroado, em 2014, ano que recebeu o Prêmio Nobel da Paz, honraria dividida com a jovem paquistanesa Malala Yousafzai.








Com informações da assessoria.
























Ads Inside Post