terça-feira, 22 de março de 2016

COMISSÃO NACIONAL DE BLOGUEIROS E ATIVISTAS DIGITAIS PUBLICA NOTA EM DEFESA DA DEMOCRACIA

Dado o quadro de avanço da ofensiva conservadora impulsionada por eventos recentes na política brasileira, a Comissão Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais publica nota em defesa da democracia. O texto repudia a sanha golpista de setores da sociedade, em especial a aliança entre a mídia monopolista e setores do Poder Judiciário, que insuflam a escalada de ódio e intolerância, colocando em risco o Estado Democrático de Direito.
Leia a íntegra da nota:
Nota Pública da Comissão Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais: Contra o golpe, em defesa da democracia
Os membros da Comissão Nacional de Blogueiros a Ativistas Digitais vêm a público manifestarem-se sobre os últimos acontecimentos nacionais e sua grande preocupação com a dimensão dos fatos recentes na conjuntura política brasileira. Acontecimentos que, no pensamento deste coletivo, merecem profunda reflexão crítica, a fim de se evitar retrocessos de conquistas obtidas após anos de ditadura.
Assim, de modo a deixar bem claro para a sociedade o nosso posicionamento em relação às constantes violações e desrespeitos às instituições democráticas consolidadas, praticadas por parcelas significativas e bem conhecidas do Poder Judiciário em conluio com veículos de comunicação, historicamente conhecidos pelo caráter antidemocrático, vimos a público nos manifestar sobre a importância da defesa do Estado Democrático de Direito.
Essas tentativas de ruptura com o Estado Democrático de Direito e os movimentos em direção a um Estado Policial, com sérias ameaças e violações a direitos e garantias individuais e à democracia, são por nós repudiadas veementemente.
É por nossa luta permanente pela democratização e regulação da mídia que condenamos o papel manipulador dos veículos de comunicação que, a serviço de interesses escusos e ilícitos, promovem a espetacularização de operações policiais — destruindo reputações e liquidando com o princípio da presunção de inocência — e estimulam sentimentos de ódio e rivalidade com o objetivo de provocar convulsões sociais e criminalizar os movimentos populares.
Neste momento de intensa crise política e, em defesa do regime democrático, da ordem jurídica e dos interesses de toda a sociedade brasileira, reafirmamos nossa confiança nas instâncias republicanas e em nossa luta em favor da democracia e, em especial, da democratização dos meios de comunicação.
Brasil, 21 de março de 2016.


Ads Inside Post