quinta-feira, 3 de março de 2016

Teresa repercute crime em Olinda e pede ações concretas da Prefeitura e governo do Estado

A deputada Teresa Leitão repercutiu na tarde desta quarta-feira (2/3), no plenário da Assembleia Legislativa, a notícia do assalto e morte do técnico de som Jefferson Borges Martins. Conhecido pelos amigos como Nego Bando, o artista sofreu um assalto e foi esfaqueado na madrugada do último sábado em frente ao Hospital Tri Centenário, em Olinda, mas a unidade hospitalar alegou não ter condições de prestar os primeiros socorros, tendo o mesmo sido removido para o Hospital Getúlio Vargas e posteriormente para a Restauração, quando não resistiu ao ferimento.

Teresa relacionou uma série de debilidades em relação ao caso, que envolvem a ausência de ações da prefeitura e do governo do Estado, com a total falta de segurança no bairro; ausência de assistência à vítima e de iluminação nas ruas, que evitem ambientes escuros e consequentemente mais vulneráveis para práticas criminosas. “A rua em que o assalto aconteceu é mal iluminada e favorece a prática de crimes. Sem contar que o fato ocorreu em frente a um hospital, que alegou não ter condições de prestar socorro à vítima. Além disso, relatos de testemunhas apontam para o fato de que o crime foi cometido por menores conhecidos no bairro, que podem ser facilmente identificados”, pontuou.

A deputada cobrou ações do Estado e do município no sentido de que o crime seja apurado, a cidade mais bem cuidada e medidas educativas sejam aplicadas aos menores, caso se confirme a responsabilidade pelo crime.

Teresa se solidarizou com a família e amigos do artista, que na tarde dessa terça-feira (1º de março) realizaram um protesto em frente à delegacia do Varadouro, em Olinda, pedindo uma ação efetiva das autoridades para a resolução do caso. “Nego Bando era um artista promissor, que teve atuação marcante na área do audiovisual, com trabalhos premiados no seu estado de origem, o Rio Grande do Sul e com atuação na defesa de direitos humanos e no ponto de cultura coco de Umbigada, bastante conhecido na cidade. Foi uma grande perda”, registrou.








Com informações da assessoria.

























Ads Inside Post