quinta-feira, 28 de abril de 2016

Câmara de Caruaru homenageia gestores da UFPE pelos 10 anos do Centro Acadêmico do Agreste

Reitor recebe diploma das mãos do presidente da Câmara

A Câmara Municipal de Caruaru rendeu homenagens, ontem (25) à noite, aos 10 anos do Centro Acadêmico do Agreste, ao entregar a Medalha de Honra ao Mérito Professor Amaro Matias e o título de Cidadão Caruaruense a gestores da UFPE que atuaram na implantação e consolidação do CAA.
 
O presidente da Câmara, Leonardo Chaves, destacou que a reunião teve como marco fazer uma homenagem, não só aos servidores, mas aos 10 anos de implantação do campus universitário da UFPE em Caruaru. “A concessão do título e da medalha tem a autoria de vários vereadores, tendo sido aprovada de forma unânime pela Casa”, afirmou em seu discurso.

O reitor Anísio Brasileiro agradeceu ao presidente da Câmara e aos demais vereadores pelo “tão importante reconhecimento para com o trabalho de uma universidade pública pertencente à sociedade brasileira”. Durante a cerimônia, foram apresentados números sobre o impacto positivo da implantação do Campus do Agreste – inaugurado em março de 2006 – para Caruaru e as cidades vizinhas. “Esses números representam a grande inovação que foi a vinda da UFPE para Caruaru, dando a oportunidade a jovens do interior de acesso gratuito a uma instituição pública superior”, afirmou o reitor.
 
Anísio Brasileiro agradeceu ao professor Amaro Lins, que, em seu reitorado, implantou os campi de Caruaru e Vitória, durante o governo do presidente Lula. O reitor, emocionado, também homenageou o primeiro diretor do CAA, Mariano Aragão. “Não teria sido possível [implantar o campus], não tenho dúvida nenhuma, e não estaríamos hoje aqui projetando o futuro dessa universidade, respondendo às demandas da sociedade local, se não fossem a energia, a capacidade, a coragem e a lealdade à instituição pública de Mariano”, disse.
 
“O que se projeta, o que nos anima, o que nos move, o que nos motiva para os próximos 10 anos?”, indagou o reitor. Para ele, “é a capacidade da instituição de transformar-se continuamente, de nunca aceitar o cotidiano, de buscar sempre a ousadia, a inovação, o risco”. Segundo ele, ao transformar-se, a universidade “é capaz de transformar a sociedade na perspectiva de uma sociedade mais justa, mais igualitária e democrática, em que todos possam usufruir e beneficiar-se daquilo que é a razão de ser da instituição universitária: o conhecimento”.
 
HOMENAGEADOS – A Medalha de Honra ao Mérito Professor Amaro Matias foi concedida ao reitor Anísio Brasileiro, à vice-reitora Florisbela Campos, ao ex-reitor Amaro Lins e ao primeiro diretor do CAA, Mariano Aragão. Receberam o título de Cidadão Caruaruense os professores Manoel Guedes (atual diretor do CAA), Ana Paula Silva (vice-diretora do CAA), Nélio Vieira de Melo (ex-diretor do CAA), Osmar Veras (ex-vice-diretor do CAA) e Humberto Correia (ex-vice-diretor do CAA, tendo sido o primeiro a ocupar esse cargo), além da técnica administrativa em educação Lúcia Andrade (coordenadora administrativa do CAA).
 
» 
Confira a galeria de fotos do evento, clicadas pelo fotógrafo Passarinho





Com informações da assessoria.
























Ads Inside Post