quarta-feira, 13 de abril de 2016

Jogos de Futebol: porque começam tão tarde


Por João Sucata

Da GGN

Trata-se de um absurdo, jogos de futebol nos dias de semana começarem 21h45 ou 22 horas. O país inteiro é prejudicado porque determinada emissora de TV tem que priorizar suas novelas e telejornais. Os torcedores saem do estádio por volta da zero hora e muitas vezes não tem sequer condução para voltar para casa. Mesmo que consigam voltar, correm riscos de encontrar assaltantes pelo caminho, vão dormir tarde e acordam cansados para trabalhar, o que reduz a produtividade e aumenta o risco de acidentes de trabalho ou até as ausências e consequentes descontos na remuneração.
Não bastasse, os holofotes do estádio tem que ser ligados desde cedo e ficam cerca de três horas gastando energia, antes da partida se iniciar. Em um país que tornou obrigatório o horário de verão para economizar energia.
Quem fica em casa, também não deixa de ir dormir tarde. Um jogo iniciado as 22 horas não termina antes das 11h45. Quem trabalha de manhã, tem que sair cedo, já vai trabalhar sonolento e cansado.
O próprio futebol é prejudicado, muita gente deixa de ir aos estádios ou até assistir na TV.
Já não são poucas as tentativas de acabar com essa irracionalidade. Um projeto na Câmara dos Vereadores de São Paulo foi arquivado. Agora temos projeto de lei federal, que tenta limitar o horário às 21h20 horas. Entendemos que o limite de 21 horas é mais que suficiente, dando tempo para as pessoas chegarem ao estádio. Mas que seja, há que se apoiar essa proposta.
Pode-se esperar apoio dos dirigentes? Muitos não pensam no país e muito menos nos torcedores, além de temerem a tal emissora, a toda poderosa TV Globo. No entanto, há alguns que poderão entrar nessa briga, tanto como torcidas organizadas, criadas para torcer e não para bater, cronistas esportivos, os próprios jogadores, os torcedores em geral, tanto os que vão ao campo como os que preferem ver pela TV. Se não dá na Globo, que seja em outra, mas chega de sacrificar as pessoas.




Do portal do Sindsep.


























Ads Inside Post