terça-feira, 12 de abril de 2016

Lei que protege presas grávidas em Pernambuco é aprovada


Segundo o estudo Infopen Mulheres, elaborado pelo Ministério da Justiça e divulgado no final de 2015, o crescimento da população carcerária feminina no Brasil, entre 2000 e 2014, foi de 567,4%. A pesquisa revela que o número de mulheres privadas de sua liberdade no início do milênio era de 5601 e subiu expressivamente para 37.380 pessoas. 












Saiba mais aqui.
































Ads Inside Post