quinta-feira, 28 de abril de 2016

Prêmio Cepe Nacional de Literatura lança livros vencedores nesta 5ª feira

A Companhia Editora de Pernambuco lança às 19h da desta quinta-feira (28), no Museu do Estado, os livros vencedores do Prêmio Cepe Nacional de Literatura 2015, concurso literário que está entre os de maior premiação no país, criado em dezembro passado em comemoração ao centenário da Imprensa Oficial. Com 579 inscritos, o prêmio foi disputado por escritores de quase todos os estados, além de brasileiros residentes em Portugal, Chile, Estados Unidos e Holanda.

As obras vencedoras são: O grande massacre das vacas, de Sérgio Corrêa de Siqueira, de Minas Gerais (Romance); O amor que não sentimos e outros contos, de Guilherme Azambuja Castro, do Rio Grande do Sul (Contos); Elogio do carvão, de Marcus Vinícius Quiroga, do Rio de Janeiro (Poesia); e E eu, só uma pedra, de Helton Alexandre Pereira, do Ceará (Infantojuvenil). Durante o evento,  os escritores receberão seus prêmios – R$ 20 mil para cada uma das categorias.

O romance O grande massacre das vacas trata de um tema que revela muito do que se denomina de Brasil profundo: o transigir entre o público e o privado, seja no campo dos negócios, da política ou nas relações de amizade. Por meio de uma narrativa equilibrada, envereda pelo romance histórico, mas sem fazer da ficção uma moldura para um evento da história brasileira. O mineiro Sérgio Corrêa de Siqueira se formou em Engenharia e Direito e mergulhou no mundo das letras ao se aposentar. 

Publicou os livros Bestiário amoroso, Blue moon e o infantojuvenil Catita foi morar na igreja, uma fábula sobre a dependência digital. Ficou em 2º lugar no Concurso de Contos Paulo Leminski de 2014.

O amor que não sentimos traz um conjunto de contos que, de maneira em geral, tratam sobre as relações familiares e emocionais. Com sensibilidade e escrita limpa e direta, tem personagens construídos com cuidado. Guilherme Azambuja Castro é de Santa Vitória do Palmar (RS). Formado em Direito e doutorando em Escrita Criativa, venceu o 21º Concurso de Contos Luiz Vilela (201) e foi finalista do Prêmio Sesc de Literatura, com O cheiro triste das bergamotas.

O livro Elogio do carvão traz poemas que — apesar da influência cabralina — revelam uma marca individual e sustentam uma assinatura, num trato criativo das influências. A poesia é vista não só como atividade intelectual, mas como forma de expressão lírica. Poeta, contista, crítico e ensaísta, Marcus Vinicius Quiroga é membro da Academia Carioca de Letras e do Pen Clube do Brasil. É professor de oficina literária e autor de 18 livros de poesia, todos premiados.

Com ilustrações do artista gráfico mineiro Cau Gomez, E eu, só uma pedra (infantojuvenil) aposta na invenção, com trato cuidadoso da fantasia e ousadia intelectual. O protagonista — a pedra — é um personagem singular, que foge dos clichês e estereótipos das histórias infantis. O cearense Helton Pereira começou a escrever ainda criança. Seu primeiro livro, A voz que lê para mim, foi selecionado pela Secretaria de Educação do Ceará para o Programa Alfabetização na Idade Certa.

Os livros serão vendidos no lançamento coletivo. Eles também poderão ser adquiridos nas lojas físicas da Cepe em sua sede (Rua Coelho Leite, 530, Santo Amaro), no Museu Cais do Sertão (Avenida Alfredo Lisboa, s/n, Bairro do Recife) ou através do site. Os preços variam de R$ 30,00 (O grande massacre das vacas; E eu, só uma pedra) e R$ 20,00 (O amor que não sentimos; Elogio do carvão).

Segunda Edição - Criado para fomentar a cultura em Pernambuco, no Nordeste e no Brasil, o Prêmio Cepe Nacional de Literatura está com inscrições abertas até o dia 15 de junho para sua segunda edição (2016). O edital está disponível no site www.cepe.com.br (área de Licitações). Brasileiros residentes no país ou no exterior, bem como estrangeiros naturalizados, que poderão inscrever uma obra (inédita) em uma das categorias.





Com informações da assessoria.































Ads Inside Post