segunda-feira, 23 de maio de 2016

Curso é dirigido a profissionais da cadeia da moda

Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco promove extensão universitária formatado para profissionais do setor de confecções e têxtil

A atualização profissional é uma necessidade rotineira, em especial, nas épocas onde a importância na criação de mercados tem peso maior. O curso Analista de comércio exterior é um exemplo neste sentido. Formatado para empresários, executivos e profissionais das indústrias têxtil e de confecções, o curso possui 120 horas/aula, sempre aos sábados. Ele nasceu de uma parceria entre o Marco Pernambucano da Moda e a Schneider & Associados, empresa especialista em consultoria e capacitação nas áreas de negócios, estratégia, marketing e empreendedorismo.

O peso dos negócios da cadeia da moda em Pernambuco é grande, com maior densidade na Região Metropolitana do Recife e no Agreste do Estado. Envolve cerca de 20 mil empresas, de todos os tamanhos, que empregam aproximadamente 130 mil trabalhadores. Em 2015, os setores têxtil e de confecções faturaram R$ 5,6 bilhões. A participação de Pernambuco no mercado nacional é da ordem de 15%.

O diretor do Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções de Pernambuco (NTCPE) Fredi Maia considera a realização do curso Analista de comércio exterior uma contribuição importante para capacitação daqueles que estão à frente das vendas das empresas do setor em Pernambuco. 

O coordenador do curso Analista de Comércio Exterior, Johann W. Schneider, considera o momento econômico atual uma oportunidade para a cadeia da moda, uma vez que o mercado internacional foi negligenciado, no passado. Com o dólar valorizado e o real depreciado, existe uma espécie de janela. “Criou-se a oportunidade de se estruturar uma cadeia produtiva competitiva, com a capacidade de se sustentar no cenário internacional no longo prazo”.  

O curso possui certificado de extensão universitária com o timbre da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). A vantagem em se fazer um curso voltado para a cadeia da moda no Estado, é que existe a formação natural de networking entre os alunos.

Os professores têm experiência na área e em treinamentos empresariais: a didática privilegia os conteúdos práticos e os assuntos atuais. É mais rotina empresarial e menos teoria administrativa. Além do próprio Schneider, as aulas são lideradas pelos professores Diego Magalhães, Roberta Aragão, Alice Conde Dias, Gustavo Delgado e Oscar Pinilla. São cadeiras de legislação aduaneira, classificação de mercadorias, prática e rotinas de exportação, logística e transporte internacionais, câmbio e finanças internacionais, drawback, marketing internacional, entre outras.

Mais informações e inscrições no próprio site da Schneider & Associados (http://schneider-consult.com.br/) 







Com informações da assessoria.
























Ads Inside Post