segunda-feira, 23 de maio de 2016

Facebook é acusado de violar mensagens pessoais de usuários


Um tribunal de justiça na Califórnia abriu um processo contra o Facebook na última quinta-feira, 19. A empresa é acusada de ter coletado e armazenado mensagens pessoais trocadas entre usuários da rede social para supostos fins comerciais, o que é contra a lei que protege a privacidade dos cidadãos na internet dos EUA.
Segundo a ação, o Facebook montou um banco de dados com todos os links trocados entre usuários do aplicativo Messenger e pela ferramenta de chat no site da rede social. Com essa plataforma, a empresa pretendia fazer propostas comerciais a marcas que têm páginas na rede ou para anunciantes, sugerindo ferramentas de métricas de audiência com base nesses links.
O Facebook admitiu a existência do banco de dados em questão, mas disse que só contabilizava o número de links enviados e recebidos pelos usuários sem qualquer outra informação pessoal, como nomes, datas ou perfis ligados à conversa. Os dados eram armazenados em blocos e serviriam para fins de estatística, sem qualquer objetivo comercial, ainda de acordo com a empresa.
Uma audiência para que o Facebook apresente sua defesa diante da promotoria pública deve ser marcada até o final deste mês.
Via The Verge




























Ads Inside Post