quinta-feira, 5 de maio de 2016

I Encontro de Gestoras de Políticas Públicas é realizado em Garanhuns

Estiveram envolvidas representantes de 26 municípios, que discutiram um fortalecimento das atividades no Agreste Meridional
Acontece durante toda esta terça-feira (03), em Garanhuns, o I Encontro de Gestoras de Políticas Públicas para as mulheres do Agreste Meridional. O momento, que é uma realização da Secretaria Municipal da Mulher, em parceria com a Secretaria da Mulher de Pernambuco, foi realizado no Fórum Ministro Eraldo Gueiros Leite e faz parte de uma série de encontros que visam o fortalecimento de políticas para as mulheres de vários municípios da região. 
O encontro evidencia Garanhuns a frente de debates como os aspectos sociológicos, históricos e culturais da violência contra a mulher. Além de discussões de gênero, patriarcado, machismo e outros assuntos pertinentes que demandam uma intervenção dos órgãos públicos de apoio a este público. A coordenadora do Centro Especializado de Atendimento a Mulher, Walkiria Alves, participou como facilitadora do encontro através de uma roda de conversa, onde as gestoras foram orientadas sobre o passo a passo na condução de procedimentos que envolvam a abordagem de mulheres.
A diretora de relações intersetoriais da Secretaria da Mulher de Garanhuns, Maria do Rosário, que esteve representando a titular da pasta, Eliane Simões, comentou a importância do evento. “É um momento que podemos considerar inédito na região do semiárido, onde nós nos propomos a fazer uma interação com as gestoras. De forma que não seja propriamente uma capacitação, e sim uma orientação, para que a gente possa proporcionar um trabalho mais aperfeiçoado.”
A Secretaria da Mulher de Pernambuco também esteve representada pela gerente de fortalecimento sociopolítico, Beatriz Vidal, que reforçou a progressão das discussões realizadas durante a ocasião, por parte de cada participante. “O intuito de um encontro desses é fazer com que todas essas gestoras que vieram de vários espaços políticos possam entender a importância destas pautas discutidas e que possam trocar experiências, respeitando as especificidades de cada município.”




Com informações da assessoria.


























Ads Inside Post