segunda-feira, 16 de maio de 2016

Plataforma online ajuda homossexuais expulsos de casa a encontrar um lar

Plataforma criada por 8 alunos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) está em fase de testes e, por enquanto, é voltado para o próprio estado.


Pedro Henrique Almeida de Oliveira é gay. Hoje ele sabe que isso é natural e até sente orgulho. Mas o jovem de 23 anos precisou percorrer um longo caminho até chegar a esse estágio. E seu maior obstáculo estava justamente onde ele buscaria acolhimento: em casa, com a mãe.

“Ela me levou para um campo de futebol e começou a falar. Fez um círculo no chão e disse assim, com um graveto: ‘Aqui é a sociedade’. Aí fez um triângulo no meio, tipo uma porcentagem: ‘Essa margem é a minoria, que tem gay, ladrão, sapatão, tudo que não presta. A maioria é a sociedade em que a gente vive. Você quer viver comigo na maioria ou que a minoria?’”, narra o morador de Cabo de Santo Agostinho, município da região metropolitana do Recife.






Saiba mais aqui.


























Ads Inside Post