domingo, 15 de maio de 2016

Projeto com parceria do Lika concorre a prêmio internacional

Equipe busca financiamento para expandir detecção digital de doenças
O projeto da startup Epitrack que representa o Brasil na premiação anual The Venture, destinada a jovens empreendedores, conta com parceria do Laboratório de Imonopatologia Keizo Asami (Lika), órgão suplementar da UFPE. A Epitrack, empresa de tecnologia da informação que desenvolve plataformas on-line para detecção digital de doenças, propõe o uso de um smartphone para detectar a possibilidade de o usuário apresentar cânceres de mama, de próstata ou de colo de útero. Com o suporte de biossensores desenvolvidos pelo Lika, o programa é acessível e de uso tão simples quanto um medidor de glicose.
“O financiamento do The Venture nos capacitaria a alcançar as metas mais ambiciosas da nossa empresa. Queremos expandir nossas plataformas de detecção digital de doenças e integrá-las a biosensores com base em nossa abordagem molecular. Queremos construir cenários epidemiológicos para câncer de mama de, próstata e de colo do útero, e é crucial aumentarmos significativamente nossa base de usuários para 250 mil até o final do primeiro ano na América do Norte e América Latina”, defende a equipe.
O projeto é o único do país a participar da próxima fase do prêmio, que reúne startups de 27 países. A largada para esse último estágio da competição e a chance de receber o prêmio de US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,5 milhões) começou na última segunda-feira (9), com a votação popular no site The Venture. Cada pessoa pode votar uma vez por semana ao longo das cinco próximas e o prêmio para o vencedor desta fase é US$ 250 mil e das demais, US$ 750 mil, com anúncio a ser feito no dia 14 de julho, em Nova York. 


Com informações da assessoria.























Ads Inside Post