domingo, 15 de maio de 2016

UFPE e Sudene estreitam relações com assinatura de protocolo de intenções


A UFPE e a Sudene estreitam as relações institucionais com a assinatura de um protocolo de intenções para promoção do desenvolvimento de áreas de interesse mútuo, como sistema de inovação em saúde, energias renováveis, cultura e memória, entre outras. O documento foi assinado, na manhã de hoje (11), pelo reitor da Universidade, Anísio Brasileiro, e pelo superintendente da Sudene, João Paulo Lima e Silva, em cerimônia realizada na Sala Presidente Juscelino Kubitschek, no 13º andar da Sudene, no Recife.
De acordo com o reitor Anísio Brasileiro, esta parceria estratégica associa os pesquisadores da Universidade às equipes técnicas da Sudene para a construção do conhecimento, reforçando o compromisso das duas instituições em servir a sociedade. “A UFPE, nos seus 70 anos, e a Sudene, nos seus 58 anos, são duas instituições históricas com uma relevante contribuição ao desenvolvimento regional e à busca permanente da redução das desigualdades sociais”, disse. A iniciativa para viabilizar o protocolo foi da Diretoria de Inovação, por meio da sua unidade de articulação e parcerias estratégicas.
Entre as atividades indicadas no protocolo estão intercâmbio de informações, treinamento de pessoal, realização de cursos e conferências, desenvolvimento de produtos e/ou sistemas, utilização de laboratórios, oficinas e outras dependências e instalações para a realização conjunta de programas e/ou projetos de pesquisa, extensão e desenvolvimento institucionais, bem como a transmissão de conhecimentos científicos, tecnológicos e de inovação e outros serviços de interesse no campo de suas especialidades. O documento tem vigência de cinco anos, podendo ser renovado por igual período.
O superintendente João Paulo também reforçou a importância do papel da Sudene para o desenvolvimento social e das universidades federais na produção do conhecimento para a melhoria da qualidade de vida da população, principalmente das cidades do interior. “O objetivo [do protocolo de intenções] é estabelecer uma aproximação maior deste conhecimento da Sudene com estes cientistas, que podem dar uma contribuição ainda maior para a superação dos graves problemas econômicos e sociais do semi-árido brasileiro”, afirmou.
ASSINATURA – Além do reitor Anísio Brasileiro e do superintendente João Paulo, assinaram o documento, como testemunhas: professora Solange Coutinho (diretora de Inovação da UFPE) e Sérgio Antônio Alencar Guimarães (Sudene).




Com informações da assessoria.

























Ads Inside Post