quinta-feira, 30 de junho de 2016

Facebook recomenda amigos usando sua localização? Saiba como desativar


A cada dia que passa, o Facebook se torna cada vez mais invasivo. Sinais apontam que a rede social estaria usando sua localização para exibir sugestões de amizade, resultando em situações bem estranhas. A empresa se contradisse ao tentar explicar isto.

Segundo o Fusion, um usuário começou a suspeitar que seu local foi usado dessa forma após comparecer a uma reunião anônima de pais de adolescentes suicidas. Na manhã seguinte, alguém da reunião apareceu na lista “Pessoas que você talvez conheça” do Facebook.

Eles não trocaram números de celular: “a única conexão que os dois pareciam ter era estarem no mesmo lugar ao mesmo tempo”, diz o Fusion. Este mesmo cenário poderia acontecer em outras situações nas quais o anonimato é importante para que as pessoas se sintam seguras.
Isso também pode explicar porque pessoas que você conheceu no Tinder ou outros apps de namoro aparecem como sugestões de amizade, mesmo que você não tenha adicionado o número de celular aos contatos – vocês ficaram juntos nos mesmos lugares.

Facebook se contradiz
Um porta-voz do Facebook disse inicialmente à CNET que a localização, por si só, não resulta em uma sugestão de amizade – seria necessário ter mais algo em comum:

Muitas vezes, nós sugerimos pessoas que você pode conhecer com base em coisas que vocês têm em comum – como amigos em comum, lugares que você visitou, ou a cidade em que você mora. Mas as informações de localização, por si só, não indicam que duas pessoas podem ser amigas. É por isso que a localização é apenas um dos fatores que usamos para sugerir pessoas que você talvez conheça.

Depois, o Facebook emitiu outro comunicado, dizendo que “não usa a localização do dispositivo, nem informações de localização que você adicionou ao seu perfil, para sugerir pessoas que você talvez conheça”.

Por que a contradição? Uma fonte do Facebook disse à NYMag que, há algum tempo, os dados de localização já foram usados no algoritmo que sugere amizades, mas foi algo temporário e limitado a um pequeno grupo de teste – isso nunca teria sido lançado para o público em geral.

Ainda assim, é um recurso invasivo que só deve piorar: o Facebook vai começar a monitorar quais lojas você visita.

Como desativar
No iOS, vá até Ajustes > Privacidade > Serviços de Localização > Facebook e selecione a opção “Nunca”.

No Android, se você roda Marshmallow ou superior, vá em Configurar > Apps > Facebook > Permissões e desative a opção “Local”. Se você estiver em uma versão anterior do Android, o jeito é desinstalar o app e usar a versão web. (O aplicativo Facebook Lite também usa sua localização.)

Você pode impedir o site do Facebook de usar a localização do smartphone: caso surja uma notificação solicitando seu local, toque em “Bloquear”. Se você liberou a localização para o Facebook no navegador, sem problema: no Chrome para Android, vá até Configurações > Configurações do site > Local, toque em “m.facebook.com” e depois no botão “Limpar e redefinir”.
No Windows 10 Mobile, vá em Configurações > Privacidade > Localização e, na lista “Escolher aplicativos que podem usar sua localização”, desative o Facebook.





Do portal Gizmodo Brasil.
























Ads Inside Post