segunda-feira, 13 de junho de 2016

Lideranças politicas, sindicais e sociais cobram definição das candidaturas de João Paulo e Teresa Leitão


Lideranças dos movimentos sociais e sindicais, representantes de entidades populares, além de simpatizantes do PT em Pernambuco, em especial de Recife e de Olinda, estão entregando na manhã  desta sexta-feira, 10 de junho, documento com 514 assinaturas aos diretórios municipais (Recife e Olinda) e estadual do  partido.

O objetivo é propor e cobrar uma definição imediata das candidaturas de João Paulo para prefeito em Recife e da deputada estadual Teresa Leitão em Olinda.

 De acordo com o presidente da CUT-PE, Carlos Veras, hoje o momento crucial e histórico para a esquerda popular e democrática no País e em Pernambuco. A resistência ao golpe em curso e o combate à direita golpista tem como eixos centrais o enfrentamento ao governo usurpador do traidor Michel Temer e a restauração da democracia, através do respeito aos 54 milhões de votos dados a Dilma Rousseff e do restabelecimento de seu governo legítimo.

Segundo Carlos Veras, várias frentes de luta estão na resistência com as forças populares e democráticas. Uma dessas frentes estratégicas é representada pelas eleições municipais de 2016, como elemento essencial para a mobilização e acumulação das forças sociais para derrotar os golpistas que assaltaram o poder central e têm como objetivo expandir o controle político nas capitais e cidades estratégicas para mudar o modelo de desenvolvimento.

“Eles querem consolidar um retrocesso para um novo ciclo neoliberal de supressão de direitos e de conquistas sociais, além de privatizar o patrimônio do povo e de submeter os interesses nacionais ao capital internacional”,afirmou Veras.

Além do mais, as eleições da deputada Tereza Leitão e  de João Paulo  representam a certeza de uma gestão democrática, participativa e voltada,principalmente,para os interesses da população.






Com informações da assessoria.























Ads Inside Post