quarta-feira, 1 de junho de 2016

UFPE oferece R$ 300 mil para projetos em tecnologia da saúde

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por intermédio da Pró-Reitoria para Assuntos de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesq) e do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG) e com o apoio do Ministério da Saúde, lançou o Edital de Apoio à Pesquisa e Inovação e Inovação Tecnológica em Saúde 01/2016. O público-alvo são professores da UFPE, que podem submeter propostas até 15 de julho.
A chamada visa apoiar financeiramente projetos que contribuam para o desenvolvimento científico, tecnológico e inovação de Pernambuco na área de tecnologias para saúde. A iniciativa faz parte de um conjunto de ações do Ministério da Saúde para o estabelecimento do Polo de Inovação em Tecnologia para Saúde (Recipolis) voltado para o Sistema Único de Saúde (SUS).
O professor Carlos Brayner, do Departamento de Energia Nuclear da UFPE, que coordena a ação na UFPE destaca que “o intuito final é despertar o interesse de empresas de inovação tecnológica e startups em se estabelecer na região, estreitando as relações universidade-empresa-governo para o desenvolvimento social na área da saúde pública, além de prospectar grupos que apresentam iniciativas nas temáticas definidas no edital e identificar demandas unindo as áreas médica e tecnológica da UFPE”.
As propostas aprovadas serão financiadas no valor global de até R$ 300 mil. Cada projeto pode concorrer com solicitações de recursos até o valor máximo de R$ 30 mil. A chamada pode financiar material de consumo para realização de pesquisas; despesas de manutenção de equipamentos essenciais às atividades de pesquisa; e serviços pessoa jurídica.
Brayner conta que a ação integra a regionalização do Complexo Industrial da Saúde, um importante eixo do programa federal de mesmo nome que aponta Recife como um território de potencial desenvolvimento e nucleação deste polo tecnológico por possuir um relevante polo médico aqui instalado. O professor responde por sete projetos que visam à instalação de laboratórios avançados ligados ao Ministério da Saúde na UFPE.
Mais informações






Com informações da assessoria.
























Ads Inside Post