terça-feira, 12 de julho de 2016

Colégio de Aplicação da UFPE destinará 50% das vagas para alunos oriundos do ensino público


Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (CAp/UFPE) vai destinar, a partir da próxima seleção, em novembro deste ano, 50% de suas vagas para estudantes que tenham cursado todo o Ensino Fundamental I (do 1ª ao 5ª ano) em escola pública. O Regime de Cotas para o CAp foi aprovado pelo Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFPE (CCEPE), em reunião realizada na sexta-feira (8). A Resolução que estabelece o novo método de seleção será publicada no Boletim Oficial da UFPE ainda nesta semana.

A mudança atende a uma antiga demanda do CAp e da comunidade acadêmica e se restringe a reservar 30 das 60 vagas do Colégio para a seleção, exclusiva, de alunos oriundos da rede pública de ensino. Todos os demais critérios para ingresso na instituição serão mantidos. Ou seja, para quaisquer dos candidatos – inscritos no regime de cotas ou para livre concorrência – serão aplicadas as mesmas provas de Matemática, Língua Portuguesa e Produção Textual, assim como o ponto de corte, a ser definido no próximo edital, se manterá inalterado.

Ainda como no sistema anterior, só pode se candidatar o estudante que esteja cursando o 5º ano do Ensino Fundamental I (Lei nº 11.274/2006), ou cursando a 4ª série do Ensino Fundamental (anterior à Lei nº 11.274/2006). Assim como o candidato deve ter idade máxima de 12 anos completos até 31 de dezembro do ano letivo em que cursa a série exigida. E, caso não haja procura ou aprovação suficiente para preenchimento das 30 vagas destinadas aos candidatos cotistas, essas vagas serão transferidas automaticamente para a seleção dos candidatos da livre concorrência.

Segundo a diretora do Colégio, Lavínia Ximenes, o processo de amadurecimento do CAp para tomada dessa decisão já dura 12 anos e a mudança adequa a instituição à realidade social. “Éramos uma escola pública que não atendia às escolas públicas”, afirma. Outro argumento favorável à mudança partiu do pró-reitor acadêmico da UFPE, professor Paulo Goes. “Adequamos o Colégio a uma demanda das licenciaturas da UFPE, que compreendem 1/3 dos cursos da instituição, haja vista que o CAp é um espaço por excelência de formação de professores e, sobretudo por isso, a instituição deve estar alinhada com a sociedade que vai acolher nossos futuros docentes”, afirma.

Já divulgado pelo Colégio de Aplicação da UFPE, o período de inscrição para a seleção do ano letivo de 2017 será de 15 de agosto a 15 de setembro deste ano. A inscrição deverá ser feita no site, com emissão de boleto para pagamento da Guia de Recolhimento da União- GRU, exclusivamente nas agências do Banco do Brasil. As provas ocorrerão no dia 13 de novembro, no horário das 9 às 12h30. Em breve o edital será publicado.







Com informações da assessoria.















































Ads Inside Post