Associação dos Blogueiros do Estado de Pernambuco é a Primeira entidade Brasileira nessa categoria, sem fins lucrativos e que hoje atinge todo Estado de Pernambuco.

Vereador de Petrolândia é notificado pelo Ministério Público para detalhar origem e valor do dinheiro mostrado em vídeo : O Ministér...

Vereador de Petrolândia é notificado pelo Ministério Público para detalhar origem e valor do dinheiro mostrado em vídeo

Vereador de Petrolândia é notificado pelo Ministério Público para detalhar origem e valor do dinheiro mostrado em vídeo:

mppe-logo-bandeira.jpg


O Ministério Público do Estado de Pernambuco-MPPE, através da Promotoria de Justiça de Petrolândia, instaurou nesta segunda-feira (04/01/2021) o procedimento de Notícia de Fato para apurar informações detalhadas sobre as declarações divulgadas pelo vereador Said Souza (PODE), na noite de 1º de janeiro, data de sua posse para o primeiro mandato, em solenidade realizada nas primeiras horas da madrugada de 2021. 

Segundo o MPPE, no vídeo encaminhado à Promotoria de Justiça, o vereador "relata ter recebido vultuosa quantia em dinheiro, sem indicar a origem, porém direcionada a possível captação política. Afirmou que, caso o real proprietário não fosse buscar os valores, haveria distribuição em praça pública". A Promotoria de Justiça considera que o caso é de extrema gravidade. 

De acordo com o Promotor Filipe Coutinho Lima Britto, que assina o Despacho Inicial da Notícia de Fato, no vídeo, "apesar de o vereador relacionar o dinheiro com possível corrupção, deixou de apresentar informações detalhadas", e "sabe-se que naquele dia ocorreu a eleição para Presidente da Câmara de Vereadores e a Mesa Diretora, e que, supostamente, o dinheiro era destinado a captação ilítica de apoio político". 

O vereador Said Souza deverá apresentar ao MPPE, em 24 horas, informações sobre: 
a) Qual a origem e valor total do dinheiro recebido;
b) Quem foi o responsável pela remessa e quem realizou a entrega, bem como a forma como ela foi feita;
c) O motivo para recebimento dos valores;
d) A relação entre a ventilada prática de corrupção e o dinheiro recebido;
e) A destinação do dinheiro após o vídeo, a sua devolução ao real proprietário ou entrega a populares em praça pública, esclarecendo onde está aquela quantia. 

A Câmara Municipal de Petrolândia também deverá apresentar ao MPPE, em 24 horas, a cópia da sessão realizada em 1º de janeiro de 2021, "bem como todo e qualquer documento público e assinado naquele dia pelo Órgão, relacionado com a nova legislatura". 

Abaixo, foto do expediente da Promotoria de Justiça de Petrolândia. 

mppe-petrolandia.jpg


Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações da Promotoria de Justiça de Petrolândia


Este artigo pertence ao Blog de Assis Ramalho.