quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Simpósio Internacional de Dislexia vai acontecer no Recife


Centro Especializado em Apoio Multidisciplinar (CEAM-PE) promoverá debates acerca da Dislexia 


O Centro Especializado em Apoio Multidisciplinar vai realizar o primeiro Simpósio Internacional sobre Dislexia, que acontecerá entre os dias 03 e 04 de fevereiro de 2017, no Centro de Convenções de Pernambuco. Durante os dois dias de evento serão debatidos diversas questões que envolvem o distúrbio ou transtorno de aprendizagem na área de leitura, escrita e soletração da criança, com maior incidência nas salas de aula.

“Esse será um importante evento nunca visto em todo Norte e Nordeste a tratar desta problemática, contando com cinco renomados especialistas que estarão conosco trazendo discussões que sempre rendem esclarecimentos e novas diretrizes”, afirma o Neuropsicólogo Ítalo Bruno Gomes, um dos organizadores do Simpósio. Ele explica que quem tem dislexia já nasce com ela, e as vezes, demora anos para descobrir que tem o distúrbio, porém é possível ter uma vida muito bem aproveitada se tiver um diagnóstico cedo.

Para isso, participará do simpósio como palestrante internacional, Rafael Silva Pereira que é doutor em Ciências da Educação e Especialista em Dislexia e Dificuldades de Aprendizagem. Ele vai tratar do tema “Neuroaprendizagem: avaliação e intervenção multidisciplinar na dislexia, discalculia e desortografia”.

O Fisioterapeuta Dr. Francisco Miguel Pinto, especialista em Motricidade Humana, Posturologia e ginástica médica, também é um dos palestrantes confirmados ao lado de Cleide Fernandes Teixeira que é Fonoaudióloga e doutora em Saúde Coletiva, além da Fonoaudióloga Maria Inês Abranches de Oliveira Santos – especialista em Psicologia Escolar e Aprendizagem, bem como Simone Travassos, Oftalmopediatra, que atua no Hospital de Olhos de Pernambuco e na Fundação Altino Ventura.

O Simpósio Internacional sobre Dislexia busca interagir com profissionais e estudantes do setor pedagógico e da saúde, reforçando conhecimentos, compartilhando experiências e troca de informações com especialistas renomados.

As inscrições poderão ser realizadas pelo site https://www.sympla.com.br/simposio-internacional-de-dislexia__102842

Sobre o CEAM PE

Para superar as dificuldades que crianças e adolescentes passam durante o processo de ensino-aprendizagem escolar, surgiu desde 2014 em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, o Centro Especializado em Apoio Multidisciplinar (CEAM), que é composto por competentes profissionais sob as mãos de Psicólogos, Psicopedagogos, Neuropsicólogos, Fonoaudiólogos, Oftalmologistas e Nutricionistas, os quais têm o seu trabalho exclusivamente voltado para este público. Com a exitosa experiência em trabalhar com uma equipe multidisciplinar, o CEAM abriu outra unidade no Grande Recife, precisamente no Shopping Rio Mar, focando em oferecer a terapia de grupo como elemento inovador na superação destas dificuldades, inclusive na dislexia (dificuldade para decodificar as letras do alfabeto e tudo o que é relacionado à leitura) e aos portadores de autismo.
Saiba mais AQUI



SERVIÇO

Simpósio Internacional sobre Dislexia
Data: 02 e 03 de fevereiro de 2017
Local: Centro de Convenções de Pernambuco, Olinda
Contato: (81) 3526-4904







terça-feira, 22 de novembro de 2016

A falência do Pacto pela Vida


Por Armando Monteiro Neto*

Em 2015, a cada duas horas um pernambucano foi assassinado: foram quase 3.900 mortes violentas no ano, o que representou um crescimento de 12% em relação ao ano anterior. Aumentaram também, de forma significativa, os assaltos a ônibus, roubos de carro e explosões de caixas eletrônicos. E este ano a escalada de violência continua.

Se é verdade que a segurança pública é um problema em todo o país, também é fato há diferenças importantes entre regiões e mesmo entre Estados. No Nordeste, por exemplo, Alagoas reduziu em 21% a taxa de homicídios, e o Ceará registrou queda de 9% - ao contrário do que aconteceu em Pernambuco.

O que acontece em nosso Estado? Por que o Pacto pela Vida, que foi referência nacional ao reduzir o número de assassinatos em 30% entre 2007 e 2013, agora sofre tal retrocesso?

Na raiz dos problemas de hoje estão ausência de gestão e de comprometimento do governo estadual com as metas do programa e com o acompanhamento dos indicadores de criminalidade. Faltou investimento em áreas essenciais de tecnologia, inteligência e infraestrutura. Não foi institucionalizado um fórum de segurança pública, com participação das organizações da sociedade civil para acompanhar e monitorar o programa.

Este diagnóstico não é meu, é do idealizador do Pacto Pela Vida, o sociólogo José Luiz Ratton, que foi incisivo em sua entrevista recente neste mesmo JC: para ele, o programa morreu.

Em gestões passadas, o governador participava diretamente das reuniões e impunha um sentido de urgência. Hoje, existe afastamento proposital do tema, talvez pelos índices desastrosos e pela sensação de insegurança que inquieta o povo pernambucano. Enquanto isso, o Pacto pela Vida sobrevive apenas na propaganda do governo.

O Brasil precisa de uma política nacional de segurança pública, em que possamos valorizar a cooperação federativa no combate à criminalidade, melhorar e ampliar o nosso sistema penitenciário e proteger nossas fronteiras do tráfico de drogas e armas.

Mas Pernambuco não pode assistir passivamente ao aumento da criminalidade. Nossa população reclama por medidas urgentes, que coloquem um freio à escalada de violência e tragam paz e segurança para as ruas e os lares das nossas cidades.

*Armando Monteiro Neto é senador pelo PTB e ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior





Com informações da assessoria.























domingo, 20 de novembro de 2016

“Há um quadro de descontrole na segurança em Pernambuco”, diz Armando


O senador Armando Monteiro (PTB) cobrou, nesta quinta-feira (17), ações do Governo do Estado no que se refere a medidas de controle e combate à violência em Pernambuco. O petebista avaliou que o crescimento no número de assaltos e explosões de caixas eletrônicos, aliado ao aumento dos assassinatos, revela um quadro de descontrole e desatenção da administração na segurança pública. “O governo não está tendo capacidade de gestão, de monitoramento e de acompanhamento. Não se sente a liderança do governo. O governo tem que ir para a linha de frente e motivar o sistema de segurança”, disse à Rádio Paudalho.

Para Armando, o Estado precisa investir em inteligência e prevenção policial para reverter os índices negativos, mas o que se verifica é um quadro de abandono nessa área. “As delegacias estão fechadas, as policiais desmotivadas. No interior, há explosões de caixas eletrônicos, aumento de assaltos e furtos. É um quadro de absoluto descontrole, e nós temos que cobrar do governo uma mudança de atitude e mobilizar a sociedade para reagir a essa situação”, completou o petebista.

Citando recente entrevista do idealizador do Pacto pela Vida (PPV), o sociólogo José Luiz Ratton, que, na opinião dele, o programa de segurança pública “morreu”, Armando Monteiro afirmou que o Governo do Estado não teve pulso para garantir avanços e melhorias ao PPV. Ao ressaltar que o Brasil vive uma crise econômica e que afeta todos os entes federativos, o senador destacou que Estados do Nordeste como Alagoas e Ceará conseguiram reduzir índices de criminalidade em meio a um cenário de retração econômica. E Pernambuco não reagiu ao aumento da violência.

“Está provado que o Governo do Estado não teve pulso, liderança e capacidade de gestão e coordenação para segurar o Pacto. Os ganhos construídos até 2013 estão sendo anulados ano a ano. E o que se verifica é que Pernambuco está acuado. O Estado virou um território livre no interior. Quadrilhas estão explodindo caixas eletrônicos e desafiando com ousadia o aparato de segurança pública e realizando ações espetaculares, assustando a população”, concluiu.
Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif







Com informações da assessoria.























Luciana: emendas devem viabilizar projetos que melhorem a vida do povo pernambucano


Uma das atribuições da atividade parlamentar é a indicação de emendas ao orçamento anual da União. Cada deputado e senador pode indicar até 25 emendas individuais. A soma dos valores indicados para este ano deve perfazer o total de R$ 15.319.538,00 e metade disto deve ser destinado a ações e serviços públicos na área de saúde, de acordo com a lei.

A deputada Luciana Santos destinou emendas nas áreas de saúde, educação, infraestrutura urbana, agricultura, combate à seca, políticas para mulheres, cultura, produção audiovisual e comunicação pública, visando desenvolvimento de ações em vários municípios pernambucanos.

De acordo com a deputada Luciana Santos a decisão para destinar as emendas foi tomada depois de conversar com várias entidades e gestores pernambucanos. “Buscamos, de forma participativa, elencar prioridades já que os recursos disponíveis são limitados e, infelizmente, não nos permitem indicar todas as ações que consideramos estratégicas e necessárias”, explicou a deputada.

“Esses recursos se constituem numa fonte importante para viabilizar projetos e qualificar recursos e equipamentos necessários para melhorar a qualidade de vida do povo pernambucano. A indicação é apenas uma etapa, agora somaremos esforços para garantir que esses recursos sejam liberados e efetivamente executados”, ressaltou Luciana.

Saúde

Na área de Saúde Luciana destinou emendas para estruturação da Rede de Serviços de Atenção Básica de Saúde em Carpina, Condado, Correntes, Lagoa do Carro e Paudalho.  Para Olinda foi destinado recurso para conclusão de obras essenciais à rede pública como a Policlínica da Mulher de Peixinhos, e a UPA de Rio Doce.

Também foi destinado recursos para compra de equipamentos para os hospitais Tricentenário e IBVASF; e para melhoria das instalações do IMIP, da Fundação Altino Ventura, do Tricentenário e da Santa Casa de Misericórdia. O Hospital do Câncer recebeu investimento para custeio de atendimento em alta e média complexidade (MAC).

Além disso os hospitais da UPE, PROCAPE, CISAN e HUOC, receberam emendas para aquisição de equipamentos.

Educação

Nesta área foram destinados recursos para aquisição de Transporte Escolar e para melhoria da infraestrutura da rede municipal de ensino de Correntes.

A parlamentar também destinou recursos para aquisição de equipamentos para o laboratório móvel de artes visuais e design do IFPE e para melhoria da iluminação externa do campus da UFPE no Recife. Do mesmo modo, foram destinadas emendas para construção do Centro de Tecnologia e da Biblioteca do Centro de Educação da UFPE.

Cultura

Para Luciana a Cultura desempenha papel fundamental na afirmação da identidade de um povo e na sua formação individual e coletiva. Nas suas emendas buscou fomentar várias ações que ampliem a ação cultural no estado como projetos de popularização do cinema e o A gente da palavra, que leva literatura e poesia através de jovens moradores da periferia.

Luciana também destinou verba para aquisição de equipamentos para o Cine Olinda; para reestruturação do Museu da Imagem do Som e para realização de projetos de resgate da memória, com produção audiovisual.

Mulheres

A Secretaria da Mulher de Pernambuco recebeu indicação de recursos para realização de ações de promoção da Igualdade e enfrentamento à violência contra a mulher. Ações de assistência à mulheres, crianças e adolescentes no estado serão contempladas através de recursos destinados à Secretaria de Direitos Humanos. Um projeto que fomenta o empreendedorismo feminino, realizado pelo Porto Digital, fecha a destinação de recursos para o setor.

Demais áreas

Luciana destinou recursos para aquisição de equipamentos como tratores e retroescavadeiras para fomento ao setor agropecuário. Também para contribuir nas ações de enfrentamento à seca, destinou recursos para o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) para realizar obras de infraestrutura hídrica no estado. 

Outra emenda foi destinada para a COMPESA, na perspectiva de investimentos na melhoria da rede de saneamento da Região Metropolitana do Recife, entre eles o Alto da Cajueiro, em Olinda. Os municípios de Lagoa do Carro e São José da Coroa Grande foram contemplados com recursos para construção de uma quadra poliesportiva.

Por fim, Luciana destinou recursos para valorização da Comunicação Pública no estado através de destinação de recursos para aquisição de equipamentos para modernização da infraestrutura da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC). A emenda deve viabilizar a digitalização da TV PE.

De Brasília;

Ana Cristina Santos (assessoria de Impressa).
























Ministério Público pede cassação do Prefeito de Orobó


Ministério Público Eleitoral pede cassação do Prefeito de Orobó, Cleber José de Aguiar, em Ação de Investigação Judicial Eleitoral movida contra o Prefeito por abuso de poder político e econômico, condutas vedadas, promoção pessoal e desrespeito aos princípios constitucionais.

No parecer do Ministério Público o Promotor Dr. Felipe Akel pediu a cassação do registro ou diploma do candidato a prefeito reeleito além da aplicação de multa no valor de R$ 5.000,00 a R$ 100.000,00 e inlegibilidade por 8 anos.


A ação que tem o número do processo Nº 0000099-34.2016.6.17.0096 está tramitando na 96º Zona Eleitoral da Comarca de Orobó e será julgada até no máximo dia 18 de Novembro onde a juíza eleitoral decidirá o futuro de Orobó e de Cleber José de Aguiar da Silva, em Ação de Investigação Judicial.


Segundo informações, a Ação está embasada na prática de condutas vedadas, abuso de poder político e abuso de poder econômico, o prefeito teria usado a máquina administrativa para promover seu nome o que motivou a justiça a aceitar a Ação de Investigação Judicial Eleitoral contra ele.

Caso a juíza aceite o parecer do Ministério Público e casse o prefeito reeleito Cleber José de Aguiar da Silva, a população de Orobó terá que voltar as urnas para eleger o próximo prefeito da cidade.

Orobó fica a pouco mais de 100km de distância da capital Pernambucana e conta com pouco mais de 21 mil eleitores.






Com informações da assessoria.


























Escritora doará 100% das vendas de seu livro ao Movimento de Combate ao Câncer, em Petrolina

E se a dor da perda de um ente querido pudesse se transmutar, proporcionando melhores condições de vida a pacientes oncológicos? A poetisa e jornalista Jaquelyne Costa lançará, em 25/11, na Biblioteca do Sesc Petrolina, o livro Oratório da Moça que Sente Saudade. O evento terá início às 19h.

O projeto reúne 53 poesias e pequenos textos que trazem a temática da ausência; em sua grande parte inspirados na relação da autora com a mãe, Alcineide Almeida (in memoriam), vítima de câncer renal em 21 de outubro de 2012. 

A publicação, que custará R$ 20, terá toda sua renda revertida em doações ao Movimento de Combate ao Câncer de Petrolina/PE (MCC). Criado no ano 2000 com a meta de auxiliar no tratamento de pessoas com câncer, o MCC subsidia parte dos medicamentos não fornecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e atende a mais de mil pessoas no município.

Com 77 páginas e prefácio elaborado pelo escritor e poeta Matheus José da Silva, Oratório da Moça que Sente Saudade teve projeto gráfico assinado pela da Asè Editorial. Os primeiros 100 exemplares já estão em pré-venda pelo endereço http://bit.ly/OratorioJaquelyne, mas também poderão ser adquiridos no lançamento. 

Inspiração

Os textos da antologia começaram a ser escritos durante o tratamento da mãe de Jaquelyne  Costa. Nessa época, ambas conheceram de perto o trabalho do Movimento. "Vi a dificuldade da organização em ter verbas para medicamentos e como, para nós, teria sido bem mais desafiante sem o apoio financeiro deles. Quando somávamos a quantidade de remédios no mês, dava mais da metade de um salário mínimo", contou Jaquelyne.

A poetisa alega que essa vivência sedimentou um compromisso entre mãe e filha. "Ela falava que, caso sobrevivesse, iria colaborar com o MCC sempre que pudesse. Desde então, esperei o trauma do falecimento passar um pouco para retomar esse plano de colaborar. Eu sei que o que vou dar é muito pouco, mas foi a forma que encontrei também pra divulgar a causa e, quem sabe, estimular mais pessoas a fazerem doações", contou Jaquelyne.

"Este projeto é uma homenagem póstuma à minha mãe, minha primeira incentivadora no universo da escrita e a quem devo o meu amor pela leitura", revelou a autora. 

Para Esmelinda Amorim, voluntária do Movimento de Combate ao Câncer em Petrolina, a notícia da doação foi "muito gratificante". "São muitas famílias que dependem do nosso trabalho. Este ano não pudemos fazer o Forró do Beco, que garante as despesas do ano; então quando iniciativas como esta de Jaquelyne acontecem - iniciativa sérias - ficamos muito felizes e agradecidos. Esperamos que a comunidade abrace essa ideia, porque é uma cooperação direta para quem precisa", destacou.

A autora  - Jaquelyne Costa é formada em Jornalismo pela Universidade do Estado da Bahia (2010) e pós-graduada em Assessoria de Comunicação e Novas Tecnologias da Informação pela Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (FACAPE). A poesia, no entanto, surgiu bem antes em sua vida: ganhou, em 1998, sua primeira medalha por poema-homenagem ao Colégio Motiva. Participa dos 31º e 32º volumes da Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos da Câmara Brasileira de Jovens Escritores no Rio de Janeiro. Tem artigos, crônicas e poemas publicados em jornais e blogs locais e regionais. Em 2010 granjeou o Diploma do Mérito Olegária Mariano, concedido pela Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural, pelos trabalhos prestados à União Brasileira de Escritores de Petrolina. É coautora do livro “Filhas de Lilith na Imprensa em Juazeiro e Petrolina” escrito como trabalho de conclusão de curso em Jornalismo pela UNEB. Em 2012 entrou para a Antologia do Prêmio Nacional Novos Poetas.






Com informações da assessoria.
























Troféu J.A Comunicadores Pernambucanos 2016

Principal premiação para comunicadores pernambucanos será no dia 03 de Dezembro

A votação popular (online) da 2ª edição do "Troféu J.A Comunicadores Pernambucanos" foi finalizada. O prêmio foi criado e organizado pelo radialista Jailton Arruda em 2015, e conta com o apoio do CEASA-PE, Rede Nova Nordeste/ TV Cultura, FENACOM, Clube do Marketing, MP Comunicação & Marketing, GPC Produções, Blog TV PE, entre outros parceiros. Este ano a honraria chega com uma marca histórica: 60 comunicadores de rádio, televisão e internet foram indicados pelos ouvintes do programa Jailton Arruda da Rádio Tropical 95,1 FM, através das redes sociais (facebook, instagram, Twitter, etc), via e-mail e telefonemas. A homenagem visa reconhecer o trabalho de radialistas e jornalistas que atuam nos diferentes veículos de comunicação do estado. 

Em breve, serão divulgados os nomes dos 10 (dez) profissionais escolhidos pelo público como destaques da comunicação, em 2016; Além dos homenageados especiais do evento. 

Automaticamente, todos os 60 cotados ao Troféu  receberão Certificado/Diploma em reconhecimento aos serviços prestados à sociedade e pelo notável profissionalismo.

A entrega da premiação acontecerá no dia 03 de Dezembro, numa grande festa com a participação dos indicados, apresentações musicais e de humor, no auditório da TV Nova Nordeste, a partir das 19h, na Rua Puma, 903 – Ouro Preto, Olinda-PE. Na ocasião, também será lançado o livro “O Guerreiro da Luz”, uma biografia de Jailton Arruda, por Antônio Nogueira.

A eleição foi aberta ao público (no Facebook) no dia 27 de maio e seguiu até 30 de setembro. Muitos nomes da imprensa pernambucana, especialmente do rádio, estão concorrendo ao prêmio. Seguem os nomes dos jornalistas e radialistas destaques de 2016:

1. TARCÍSIO “O Bocão” - Jornalista da Rádio Folha;
2. PATRÍCIA BREDA – Jornalista da Rádio Folha;
3. WALESKA ANDRADE - Apresentadora TV Nova Nordeste / Cultura;
4. SAMIR ABOU HANA - Jornalista e Apresentador da TV Nova Nordeste / Cultura;
5. TONI ALMEDIA - Apresentador da TV Nova Nordeste / Cultura;
6. GERALDO FREIRE - Jornalista e Radialista da Rádio Jornal;
7. PHELIPE CAVALCANTE - Radialista e Jornalista da Rede Brasil TV e Rádio.
8. HUGO ESTEVES - Apresentador da TV Clube;
9. JOTA FERREIRA - Jornalista e Radialista Rádio Folha e Apresentador TV Nova Nordeste / Cultura;
10. BETINHO ARARUTA - Comunicador de humor;
11. TÚLIO NASCIMENTO - Radialista da Radio Calheta;
12. PEDRO PAULO - Jornalista e Apresentador.;
13. ARTUR TIGRE - Apresentador da TV Tribuna;
14. WAGNER SOUTO - Radialista da Rádio Amparo;
15. ANDRÉ COSTA - Radialista da Rádio Tropical;
16. JOELIO ALVES - Jornalista e Apresentador;
17. THONY VAQUEIRO - Radialista e Cantor Forrozeiro;
18. MARCELO CARVALHO - Radialista e Apresentador;
19. BOB ANDERSON - Jornalista e Apresentador;
20. ELIANA VICTÓRIO - Jornalista e Apresentadora TV Tribuna;
21. JERFESON “O Danadão” - Radialista da Rádio Recife;
22. ALDO CÉSAR - Radialista da Rádio Clube.
23. SILVIO RAMOS - Radialista, Da Rádio Clube;
24. RODRIGÃO COSTA - Radialista da rádio Clube
25. ALEX BODOGA - Radialista da Radio Globo AM;
26. CIRO BEZERRA - Jornalista, Apresentador e Radialista, TV Jornal e Rádio Jornal;
27. LINA FERNANDES - Jornalista e Radialista;
28. CYLENE ARAÚJO - Radialista, Cantora Rádio Universitária;
29. LÉO LIMA - Jornalista e Apresentador . TV Nona Nordeste;
30. DOUGLAS FERREIRA - Radialista da Cabo FM;
31. BRUNO SENNA - Radialista;
32. KAKÁ NASCIMENTO - Radialista Rádio Olinda;
33. LUCIANO MAX - Jornalista e Radialista da Rádio Globo AM;
34. ANDRÉ ALMEIDA - Radialista da Radio Recife FM;
35. TONHO E TONHA - Radialistas e Humoristas (Dupla);
36. IVAN FERRAZ - Radialista e Apresentador Rádio Universitária;
37. JOCELY NUNES - Comunicadora Rádio Pernambuco;
38. JOTA JUNIOR - Jornalista, Radialista e Apresentador ;
39. PAULO FERNANDO – Blogueiro jornalista. Informe PE;
40. KADU SANTOS - Radialista da Radio Clube FM;
41. SILVIO ZAQUINHA - Radialista e Humorista;
42. FLAVIANA OLIVEIRA - Radialista Rádio Pernambuco;
43. GRAÇA ARAÚJO - Jornalista e Apresentadora da TV Jornal e Rádio Jornal;
44. RAY LIRA - Radialista da Rádio Clube FM;
45. GABY PONTES - Jornalista e Radialista da Rádio Clube FM;
46. GAL FERRER - Radialista da Rádio Recife FM;
47. MÁRCIO BONFIM - Jornalista e Apresentador da TV Globo Nordeste;
48. JEISON WALLACE - Apresentador da TV Jornal;
49. LILO BASS - Radialista da Rádio Tropical FM;
50. ALEX MORIÁ - Radialista da Rádio Recife FM;
51. BINHO AGUIRRE - Radialista;
52. RODRIGO DE LUNA - Jornalista e Apresentador TV Clube;
53. NANO ALVES - Radialista da Rádio Recife FM;
54. JOSLEI "CARDINOT" - Jornalista e Apresentador da TV Jornal;
55. DRIKA ALVES - Radialista da Nossa Rádio;
56. MOAB AUGUSTO - Jornalista e Apresentador TV Tribuna;
57. STELLA MARIS SALDANHA – Jornalista da TV Universitária;
58. ANDRÉ CASA NOVA - Radialista e Jornalista;
59. KAKÁ FILHO - Radialista da Rádio Recife;
60. TEKA CRISTINA - Radialista.

Para acessar a lista completa com foto, basta acessar a seguinte página: http://migre.me/vel8I


Seguem (EM ANEXO) imagens do Troféu do ano passado (2015) e deste ano (2016). Nos colocamos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos julgados necessários. 





Com informações da assessoria.
























Ads Inside Post